Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/1039
Título: Desenvolvimento de uma estratégia terapêutica para libertação vectorizada de fármacos no cólon : optimização do processo de síntese de conjugados entre a ß-ciclodextrina e o diclofenac de sódio
Autor: Urbano, Isabel Santos
Palavras-chave: Ciclodextrinas - Cancro do cólon
Diclofenac de sódio - Cancro do cólon
Diclofenac - Ciclodextrinas
Data de Defesa: Set-2011
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: O tratamento específico de patologias do cólon pode ser conseguido pelo desenvolvimento de profármacos resultantes da conjugação de um fármaco com ciclodextrinas (CDs). A formação destes conjugados permite que os fármacos atinjam o cólon de forma intacta, local no qual sofrem degradação enzimática por acção da vasta microflora existente no cólon, nomeadamente Bacteróides. Estas bactérias quebram as ligações glicosídicas das CDs originando pequenos sacáridos, permitindo a sua absorção bem como a do fármaco. A entrega direccionada de fármacos ao cólon permite o tratamento da doença no alvo terapêutico, e consequentemente, permite reduzir a dosagem administrada e os efeitos adversos associados. Entre os vários tipos de anti-inflamatórios não esteróides (AINEs), o diclofenac de sódio é um potencial candidato na terapêutica para libertação específica no cólon devido às suas propriedades anti-inflamatorias e quimiopreventivas do cancro do cólon. A conjugação do diclofenac com ciclodextrinas é um processo pouco explorado, tornando-se inovador com recurso ao microondas. Neste trabalho experimental, procedeu-se à variação da temperatura utilizada no microondas, entre os 100 e 200ºC, variando-se também os solventes utilizados, PEG-200 e DMF, mantendo uma potência de 75W e um tempo de reacção de 40 minutos. O principal objectivo do trabalho foi optimizar a síntese do conjugado βCD-Diclofenac. Os melhores resultados foram obtidos para as temperaturas de 140ºC e 160ºC no solvente DMF. Para as mesmas temperaturas em PEG-200, os rendimentos obtidos foram significativamente inferiores. Estes resultados sugerem a necessidade de continuar a explorar as melhores condições de reacção de síntese do conjugado βCD-Diclofenac de forma a obter maior rendimento, recorrendo a solventes polares apróticos (que favorecem reacções SN2), bem aquecidos pelo microondas e que apresentem baixa toxicidade.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/1039
Aparece nas colecções:FCS - DCM | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CAPA.pdfCapa97,29 kBAdobe PDFVer/Abrir
Dedicatória e outros.pdfDedicatória e resumo198,85 kBAdobe PDFVer/Abrir
Corpo do trabalho.pdfTese367,91 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.