Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/1081
Título: Obesidade - epidemia global : estudo sobre as opções terapêuticas e o uso de suplementos alimentares no seu tratamento : experiência profissionalizante na vertente de farmácia comunitária e investigação
Autor: Amaral, Patrícia Cristina Nunes
Palavras-chave: Obesidade
Obesidade - Suplemento alimentar
Obesidade - Medicamentos - Automedicação
Obesidade - Emagrecimento
Obesidade - Índice de massa corporal
Obesidade - Educação para a saúde
Data de Defesa: Jun-2012
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: O presente trabalho encontra-se dividido em duas partes, a primeira retrata o meu estágio profissional, na Farmácia Mousaco Torrão na vila do Ferro, no concelho da Covilhã e pretende descrever à luz das Boas Práticas Farmacêuticas para a Farmácia Comunitária, a experiência que adquiri ao longo do estágio. A segunda parte deste trabalho diz respeito ao trabalho de investigação intitulado “Obesidade- epidemia global. Estudo sobre as opções terapêuticas e o uso de suplementos alimentares no seu tratamento”. Este estudo pretende fazer uma breve abordagem à obesidade, a grande epidemia do seculo XXI segundo a Organização Mundial de Saúde, referindo as alternativas existentes para o seu tratamento, dando particular importância aos fármacos que nela são usados e os suplementos que alegam ter eficácia na perda de peso. Relativamente aos suplementos pretende-se com este trabalho, dar conhecimento sobre algumas das suas particularidades e principalmente despertar atitudes que a meu ver, são necessárias por forma a que consigamos cumprir o nosso principal princípio enquanto profissionais de saúde ao serviço da pessoa do doente. Para além da componente teórica o trabalho inclui também uma componente prática que resulta da aplicação de um questionário, com o qual se pretende avaliar vários parâmetros relacionados com o peso, nomeadamente opções tomadas para perda de peso, assim como algumas questões mais específicas sobre o consumo de suplementos alimentares por forma a tentar fazer um retrato sobre o seu consumo com a finalidade de perder peso. Constatou-se que 62,0% dos indivíduos apresenta peso normal, no entanto 51,1% não está atualmente satisfeito com o peso, sendo que as mulheres são quem se encontra mais insatisfeito. 90,1% dos inquiridos considera mesmo que tem peso a mais e 66,5% já tentou perder peso. 8,7% dos indivíduos consumiu suplementos alimentares para perda de peso, sendo que as mulheres consumiram mais suplementos que os homens. 30,8% dos inquiridos que tomaram suplementos alimentares e medicamentos concomitantemente tiveram efeitos adversos. Ao nível da dieta verificou-se que 62,1% dos indivíduos fizeram-na sem aconselhamento e/ou monitorização.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/1081
Aparece nas colecções:FCS - DCM | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Obesidade-epidemia global. Estudo sobre as opções terapêutic.pdf4,05 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.