Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/1130
Título: Bisphosphonates-related adverse events : systematic review and meta-analysis
Autor: Medeiros, Ana Cláudia Ponte
Orientador: Macedo, Ana Filipa Pereira Amaral de
Palavras-chave: Farmácia comunitária - Gestão - Estágio pedagógico
Farmácia hospitalar - Gestão - Estágio pedagógico
Farmacêutico - Utente - Medicamento
Farmácia - Cuidados de saúde
Data de Defesa: Jun-2012
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: A osteoporose é uma doença esquelética sistémica e progressiva que leva a um aumento do risco de fraturas. Os bifosfonatos são a opção terapêutica de primeira linha. Apesar dos efeitos adversos gastrointestinais associados ao uso de bifosfonatos o seu perfil de segurança é favorável. Contudo, recentemente, a Agência Europeia do Medicamento (EMA) emitiu um alerta de segurança após relatos de um aumento do risco da incidência de fraturas atípicas do fémur associadas ao uso destes fármacos, o que pode questionar a relação benefício/ risco deste grupo terapêutico. Objetivo: realizar uma revisão sistemática e meta-análise dos efeitos adversos associados ao uso de bifosfonatos, com enfâse na incidência de fraturas. Métodos: Realizámos uma pesquisa na Medline para identificar os estudos experimentais e observacionais que reportaram a incidência de efeitos adversos (incluindo qualquer tipo de fratura) em utilizadores de bifosfonatos em comparação com não utilizadores. Após a pesquisa, selecionaram-se os artigos que cumpriram os critérios de inclusão, procedeu-se à sua análise detalhada, extração de dados e avaliação da sua qualidade. Realizou-se uma meta-análise do risco de fraturas, para a qual se utilizou logaritmo da estimativa de efeito mais ajustada de cada estudo, com intervalos de confiança a 95%. Utilizámos estatística I2 para determinar a heterogeneidade entre estudos. As análises estatísticas foram efetuadas recorrendo ao programa estatístico STATA (versão 11). Resultados: Identificaram-se dezoito estudos elegíveis para a meta-análise (10 ensaios randomizados controlados, 1 estudo coorte, 2 estudos caso-controlo aninhados e 5 análises “post-hoc”). Adicionalmente foram identificados 9 estudos que reportaram outros efeitos adversos, incluídos numa análise descritiva. Os resultados da meta-análise sugerem um aumento significativo do risco de fraturas vertebrais (OR= 0.57 95%CI 0.51 to 0.63), nãovertebrais (OR= 0.78 95% CI 0.69 to 0.87) e da anca (OR= 0.67 95% CI 0.56 to 0.80). Contudo, a evidência de estudos observacionais sugere um possível risco de fraturas atípicas (OR= 2.23 95% CI 1.95 to 2.54). Estes resultados devem ser interpretados com cuidado uma vez que se baseiam num pequeno número de estudos, devendo ser confirmados em outros estudos experimentais e observacionais. Conclusão: Apesar da razão risco/beneficio dos bifosfonatos na prevenção de fraturas ser favorável, os nossos resultados sugerem um potencial risco de fraturas atípicas. As publicações atuais são insuficientes para suportar um aumento do risco de outros efeitos adversos, pelo que é necessário implementar-se uma monitorização mais rigorosa destes efeitos em estudos futuros.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/1130
Aparece nas colecções:FCS - DCM | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Relatório de Estágio.pdf1,28 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.