Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/1137
Título: Avaliação da interação de fármacos com a amiodarona em células HepaRG : experiência profissionalizante na vertente de farmácia comunitária, hospitalar e investigação
Autor: Ferreira, Ana Filipa da Silva
Palavras-chave: Amiodarona - Fármacos - Avaliação
Células HepaRG
Farmácia comunitária - Gestão - Estágio pedagógico
Farmácia hospitalar - Gestão - Estágio pedagógico
Farmacêutico - Utente - Medicamento
Data de Defesa: Jun-2012
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: O período de estágio final, inserido no Plano de Estudos do Mestrado em Ciências Farmacêuticas da Universidade da Beira Interior, surge como o culminar da formação técnicocientífica adquirida ao longo dos 5 anos de estudo, permitindo desenvolver competências técnicas, clínicas e deontológicas necessárias ao exercício da profissão. O estágio é um elo de ligação fundamental entre os conhecimentos adquiridos e a prática profissional e proporciona ao estudante o contacto com as tarefas e atividades que poderá vir a desempenhar no futuro. Este relatório de estágio é constituído por três partes diferentes, uma referente ao trabalho de Investigação Laboratorial, outra relativa ao estágio em Farmácia Comunitária e, por último, uma parte alusiva ao estágio em Farmácia Hospitalar. As partes respeitantes à Farmácia Comunitária e à Farmácia Hospitalar foram estruturadas de forma a descrever e resumir objetivamente a experiência vivida nestes ambientes. O projeto de dissertação de mestrado tem como objetivo avaliar o potencial de interação de fármacos de ampla utilização clínica no metabolismo da amiodarona utilizando, para isso, células HepaRG diferenciadas, um modelo in vitro de metabolismo. A amiodarona é um fármaco de margem terapêutica estreita e de ampla utilização clínica, principalmente no controlo de um largo espectro de arritmias cardíacas. Este fármaco possui múltiplos efeitos eletrofisiológicos, uma farmacocinética pouco usual e inúmeras e potencialmente nocivas interações farmacológicas e efeitos adversos. No entanto, embora seja muitas vezes descrito o seu envolvimento em interações farmacocinéticas enquanto fármaco interatuante, é poucas vezes investigado enquanto fármaco objeto dessas mesmas interações. As HepaRG são células derivadas de um carcinoma hepatocelular humano promissoras no que diz respeito tanto às suas funções quanto à sua estabilidade. Estas mostram ser uma alternativa de extrema relevância aos hepatócitos humanos no que diz respeito ao estudo do metabolismo de fármacos. Neste contexto, a utilização deste modelo in vitro de metabolismo foi considerada nestes estudos e são descritos os materiais e métodos respeitantes ao trabalho desenvolvido, assim como os resultados obtidos e principais conclusões. O estágio em Farmácia Comunitária foi realizado na Farmácia Pedroso, entre os dias 5 de Março e 24 de Abril do ano de 2012. O estágio ocorreu sob orientação do Dr. João Fonseca e de toda a equipa da Farmácia. Este relatório tem o propósito de descrever o funcionamento de uma Farmácia Comunitária e as múltiplas tarefas e responsabilidades que são remetidas ao Farmacêutico neste âmbito profissional. Relativamente à Farmácia Hospitalar, o estágio foi realizado no Centro Hospitalar Cova da Beira entre os dias 26 de Abril e 15 de Junho do ano de 2012. Este estágio ocorreu sob orientação da Prof.ª Olímpia Fonseca e colegas afetos às diferentes áreas dos Serviços Farmacêuticos. A parte do relatório respeitante a esta área pretende retratar as competências técnicas e metodologias adquiridas durante o estágio.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/1137
Aparece nas colecções:FCS - DCM | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Avaliação da interação de fármacos com a amiodarona em células HepaRG.pdf17,66 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.