Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/1236
Título: Cardioversão eléctrica da fibrilhação auricular : papel no século XXI
Autor: Providência, Rui André da
Palavras-chave: Cardioversão eléctrica
Cardioversão eléctrica - Fibrilhação auricular
Fibrilhação auricular
Data de Defesa: Jul-2009
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: Introdução: A cardioversão eléctrica (CVE) é o método mais eficaz para restaurar o ritmo sinusal (RS) em doentes com fibrilhação auricular (FA). De acordo com os conhecimentos actuais, os resultados deste procedimento são ainda algo imprevisíveis. Objectivo: Avaliar os preditores de sucesso da CVE de FA e manutenção de RS após a CVE. Estalecer qual o papel da CVE na abordagem da FA, delimitando os casos que maior benefício dela podem extrair. Métodos: Estudo prospectivo com 95 doentes consecutivos (68,8±9,8anos; 27,4%sexo feminino) submetidos a CVE de FA após ecocardiograma transesofágico (ETE). Os seguintes parâmetros ecocardiográficos foram avaliados: área da aurícula esquerda (AAE), área e função do apêndice auricular esquerdo (AAAE), e grau de regurgitação mitral. Foram medidos parâmetros protrombóticos (grau de autocontraste espontâneo ecocardiográfico, D-dímeros e score de CHADS2), inflamatórios (PCR) e hemodinâmicos (NT-proBNP, função sistólica do ventrículo esquerdo, tensão arterial sistólica e diastólica), assim como dados demográficos e antropométricos (índice de massa corporal – IMC, e superfície corporal- SC), medicação prévia (amiorarona, estatina e iECA/ ARA-II) e factores de risco (hipertensão arterial e diabetes). Foram comparadas variáveis nominais e quantitativas de acordo com o resultado da CVE (FA ou RS no momento de alta) e presença ou não de recidiva de FA nos primeiros 6 meses de seguimento, tendo os resultados sido avaliados com o SPSS 16,0. Resultados: Alcançou-se sucesso no procedimento em 81,1%. Não foram encontradas diferenças entre os grupos (RS vs FA no momento de alta) no que diz respeito aos parâmetros ecocardiográficos, protrombóticos e inflamatórios. A presença de hipertensão arterial e diabetes não influenciaram o desfecho da CVE. De entre os parâmetros hemodinâmicos, a tensão arterial diastólica < 75mmHg foi um preditor de sucesso: OR 4,2 CI95% 1,1-16,5 p 0,03. FA com < 1 mês e < 1 ano foram preditores de sucesso da CVE: OR 3,8 CI95% 1,1-12,5 p < 0,02 e OR 4,8 CI95% 1,6-14,8 p 0,004. IMC ≥ 30 e SC ≥ 2,0 foram preditores de CVE sem sucesso.: OR 0,2 CI95% 0,1-0,7 p < 0,001 e OR 0,3 CI95% 0,1-0,7 p 0,009, respectivamente. A percentagem de recidiva de FA aos 6 meses foi de 44,7%. AAE > 27,5 ou 30,0cm2 e velocidade maxima de esvaziamento do apêndice auricular esquerdo < 30cm/s foram preditores de recidiva nos primeiros 6 meses após a CVE: OR 4,0 CI95% 1,1-14,9 p < 0,03; OR 11,5 CI95% 2,1-62,3 p < 0,002 e OR 4,1 CI95% 1,0-16,0 p 0,04. FA < 1 semana de duração foi marginalmente preditiva de manutenção de RS: OR 0,3 CI95% 0,1-1,1 p 0,07. Conclusões: Apesar de por vezes apresentar desfecho imprevisível, a CVE apresentou um sucesso imediato elevado, porém com uma alta taxa de recidivas nos primeiros 6 meses de seguimento. Parâmetros como IMC, SC, menor duração e tensão arterial diastólica baixa parecem predizer o resultado deste procedimento. Doentes com FA com maior evolução e cuja aurícula esquerda esteja dilatada e com função comprometida, parecem ser mais propensos a apresentar recidivas durante o seguimento. Será necessários outro tipo de parâmetros de forma a poder criar um modelo que possa predizer de forma mais eficaz os endpoints estudados.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/1236
Aparece nas colecções:FCS - DCM | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
capa v2.docCapa231,5 kBMicrosoft WordVer/Abrir
parte inicial v2.docResumo490 kBMicrosoft WordVer/Abrir
Tese CV FA 2a versao.docTese2,91 MBMicrosoft WordVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.