Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/1247
Título: Relevância do profissional de relações públicas nas unidades de saúde
Autor: Gouveia, Ana Paula Matias
Palavras-chave: Relações públicas - Hospitais
Relações públicas - Comunicação social
Marketing - Saúde
Marketing de serviços - Imagem - Hospitais
Marketing de serviços - Comunicação - Hospitais
Profissional de relações públicas
Data de Defesa: 2009
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: Hoje, parece existir uma grande unanimidade sobre a importância de uma gestão eficiente da comunicação, entre as organizações prestadoras de serviços de saúde e os seus públicos. As constantes alterações estruturais e restrições financeiras que envolvem a sociedade e, consequentemente as instituições de saúde, tornam a sua actuação mais complexa. Deste modo, a sua integração neste novo contexto dependerá fortemente do seu espírito de inovação e de adopção de políticas de relações públicas e marketing. Desenvolvido em duas partes capitais, Relatório de Estágio mais Dissertação Teórica, o presente trabalho tem como propósito essencial demonstrar a importância e o contributo do profissional de relações públicas (RP) nas instituições hospitalares. O relatório a seguir apresentado reflecte as actividades desenvolvidas durante o período de aprendizagem, no Gabinete de Marketing, Comunicação e Imagem do Centro Hospitalar Cova da Beira, com início a 1 de Março de 2007 e término a 31 de Março de 2008. Neste sentido, analisa a eficiência das relações públicas nas instituições de cuidados de saúde, em particular no Centro Hospitalar Cova da Beira. Em primeiro lugar, vai desenvolver uma organizada e pormenorizada descrição das actividades do estágio. Em segundo lugar, vai justificar a importância e o papel dos profissionais de relações públicas nas unidades de saúde, sublinhando-se dois elementos principais que coordenam a eficiência destes técnicos de comunicação, a saber: a manutenção da reputação da instituição prestadora de cuidados de saúde e a gestão das relações com os diferentes públicos, internos e externos. Assim, os factores que definem o bom desempenho das relações públicas são, na maioria das vezes, analisados pela forma como se gerem e previnem as situações de crise e como se administra a boa imagem da instituição de saúde. Este trabalho aborda principalmente a relevância de estabelecer bons relacionamentos com os parceiros, incluindo as acções que se devem providenciar com cada grupo, em particular com os órgãos de comunicação social, que são dos públicos que requerem um cuidado e tratamento especial. Finalmente, é de referir também que os métodos e instrumentos das relações públicas são contextualizados nas acções em que devem ser utilizados, para promover ou proteger a imagem institucional.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/1247
Aparece nas colecções:FAL - DCA | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
capa final.pdfCapa79,8 kBAdobe PDFVer/Abrir
Folha de rosto.pdfFolha de rosto91,99 kBAdobe PDFVer/Abrir
Relatório de Estágio e Dissertação Teórica - Ana Paula Matias Gouveia.pdfTese4,14 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.