Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/1261
Título: A dicotomia do homem revoltado : para uma compreensão da violência e do compromisso no pensamento de Albert Camus
Autor: Martins, Vanessa Mendes
Orientador: Nascimento, André Barata
Palavras-chave: Camus, Albert, 1913-1960
Niilismo
Homem - Absurdo
Homem - Revolta
Homem - Amor
Data de Defesa: Ago-2009
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: Pensarmo-nos como seres humanos é cada vez mais pensarmos numa existência enquanto um ser individual, esquecendo-nos da relação entre o uno e o múltiplo, o individual e o colectivo. Este estreitamento do homem consigo mesmo transporta em si graves consequências ao nível social. Esquecendo-nos do outro, vivendo para nós mesmos, acabamos por viver num sistema de isolamento que proporciona o sentimento de indiferença para com o mundo circundante. Olhando à nossa volta mostra-se-nos inegável a existência da violência. Tropeçamos nela constantemente, conhecemo-la, aprendemos a viver com ela, a fugir dela ou até a praticá-la. No entanto, ao questionarmo-nos sobre a sua origem apenas encontramos respostas evasivas, como a maldade, a exclusão social, o vandalismo ou problemas de foro psicológico. A violência mostra-se assim o injustificável perante o pensamento.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/1261
Aparece nas colecções:FAL - DCA | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Mestrado Vanessa Martins.pdf793,94 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.