Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/1270
Título: Personalização das campanhas eleitorais : o caso das eleições legislativas 2009
Autor: Carvalho, Marta
Palavras-chave: Jornalismo político
Jornalismo político - Portugal
Campanha eleitoral - Eleições legislativas - Portugal - 2009
Campanha eleitoral - Personalização - Portugal
Campanha eleitoral - Mass media - Telepolítico
Comunicação política - Portugal
Jornalistas - Políticos - Assessores de imprensa - Portugal
Data de Defesa: Jun-2010
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: Nos últimos anos, têm-se vindo a constatar numerosas transformações na vida política. Algumas destas mudanças relacionam-se com a própria evolução e transformação dos partidos e instituições políticas. No entanto, é frequentemente atribuída aos meios de comunicação social, a responsabilidade pela reconfiguração do jogo político. Actualmente, num cenário eleitoral, os meios de comunicação tornaram-se, claramente, num elemento central da comunicação política. Com o advento da televisão a visibilidade pública dos dirigentes políticos acentuou-se, facto que se consubstancia numa maior administração e exposição dos aspectos pessoais dos governantes. No decorrer do impacto da comunicação nas práticas políticas foram surgindo mudanças no comportamento dos políticos, que se muniram de novas estratégias de persuasão, com vista a estabelecer uma aproximação aos media e posteriormente ao público. Em relação às campanhas eleitorais verifica-se, uma crescente valorização da forma em detrimento do conteúdo, do predomínio da política espectáculo, da transformação do candidato em personagem da crónica política actual. Neste sentido, reconhecemos a personalização da política e das eleições como uma das consequências originadas pela crescente mediatização da vida política. Desta forma, personalizar uma campanha eleitoral passa pela verificação de um crescente interesse na figura do líder partidário deixando-se para uma segunda linha o programa e ideologia por ele defendido. Nesta dissertação, pretendemos estudar o modo como a personalização verificada na política, enquanto estratégia de campanha eleitoral, influencia a cobertura mediática do processo eleitoral. Trata-se de compreender se o foco de interesse dos media, no contexto de uma campanha eleitoral, se prende mais a aspectos ligados ao líder ou se se dá prioridade aos programas partidários. Questionamo-nos, ainda, se a cobertura mediática de uma campanha eleitoral centrada em peças e artigos personalizados, ou focados no líder, terá pertinência para o decorrer do processo eleitoral ou se será apenas uma estratégia com vista à banalização de um tema complexo como a política.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/1270
Aparece nas colecções:FAL - DCA | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Final.pdf1,14 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.