Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/1293
Título: Oculus Dei : a não omnisciência divina
Autor: Soares, João Adriano Caetano Ferreira John
Orientador: Nogueira, Luis Carlos da Costa
Palavras-chave: Soares, João Adriano Caetano Ferreira John. Oculus dei, a não omnisciência divina - Filme
Filme - Produção
Data de Defesa: Out-2010
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: No âmbito da unidade curricular de Projecto Final, foi-nos proposto que fosse realizado por cada aluno um filme que tenha como tema principal o ponto de vista. Neste relatório vou expor todo o processo criativo de Oculus Dei, a começar pelo período de reflexão e escolhas estéticas até à fase final de montagem. Ao longo desta exposição vou falar dos problemas que surgiram nas várias as fases deste processo e das soluções encontradas para a resolução dos mesmos. Vai ser dado ao tema do ponto de vista um especial destaque. O tema foi abordado no filme de diversas formas, como tal vou identificar e explicar de que maneiras ele está presente no trabalho. Sendo o ponto de vista algo tão abrangente, tentei que este tema fosse bem explorado em Oculus Dei. Tentei que estivesse presente de diferentes formas e que houvesse vários pontos de vista possíveis e varias interpretações para o filme. Oculus Dei é um filme experimental que trata o tema da não omnisciência divina. Neste filme vou procurar demonstrar que é impossível alguém ter um conhecimento omnisciente. Para além do tema da omnisciência divina, foram inseridos mais alguns temas que estão presentes de uma forma menos relevante, mas que acabam por enriquecer bastante o filme, sendo eles: a criação – Génesis; a natureza cíclica e o surgimento do Homem. Houve varias razões que me levaram a escolher o tema da omnisciência ou não omnisciência divina, para trabalhar o tema do ponto de vista. Por um lado, o facto de estar ligado à religião faz com que seja um tema com bastantes divergências de opiniões. Por outro lado, a omnisciência divina está ligada a um ponto de vista absoluto que vê tudo, ou então um ponto de vista completamente fragmentado, mas que por estar tão espalhado, consegue ter uma visão absoluta que converge para uma pessoa só, neste caso Deus. O facto de para realizar Oculus Dei ter utilizado imagens de outros filmes e outros realizadores, abre também muitas portas para explorar o tema do ponto de vista. Tendo este filme sido feito através da junção de imagens de outras obras, Oculus Dei vai ser uma compilação de pontos de vista escolhidos por mim, aos quais eu dei um significado diferente do original.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/1293
Aparece nas colecções:FAL - DCA | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Oculus Dei Relatorio do Projecto Cinematografico João John M2341.pdf113,87 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.