Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/1310
Título: A representação da crise nos media portugueses : o negativismo dos conteúdos noticiosos
Autor: Machado, Filipa Cardeiro Ramos Seita
Palavras-chave: Jornalismo - Negativismo
Jornalismo - Crise financeira
Jornalismo - Portugal
Jornalismo - Informação - Entretenimento
Jornalismo - Informação-espetáculo
Data de Defesa: Jun-2011
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: O presente estudo tem como tema a representação da rejeição do Plano de Estabilidade e Crescimento IV e da demissão de José Sócrates pela mão dos jornais Público e Correio da Manhã. O trabalho procurou detectar nestes dois segmentos da imprensa de que forma, foram abordados estes dois assuntos de cariz político e económico, tendo em conta o surgimento de novos valores notícia, nomeadamente o negativismo, na abordagem dos conteúdos noticiosos. Esta dissertação procurou, primeiramente, reflectir sobre a introdução de alguns novos valores notícia na selecção e produção dos conteúdos, nomeadamente o negativismo e o espectáculo; repensar, entre outros factores, o que tem estado a contribuir para a introdução dos mesmos, tais como a concorrência com a televisão e outros órgãos de comunicação; o peso do factor económico e, finalmente, de que forma toda esta situação tem conduzido a informação a uma crise cultural que já lhe é inerente. Bem como, reflectir também sobre os danos causados na própria sociedade consumidora desta informação.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/1310
Aparece nas colecções:FAL - DCA | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese_Filipa_Machado.pdf10,55 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.