Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/1329
Título: A bruma
Autor: Maia, Eliseu Vieira
Palavras-chave: Cinema - Relatório de estágio
Cinema - Curta-metragem
Cinema - Curta-metragem - Pré-produção
Cinema - Realização - Curta-metragem
Cinema - Curta-metragem - Pós-produção
Data de Defesa: Out-2011
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: Este ano lectivo (2010/2011), para o Projecto Final de Mestrado, o tema escolhido foi; a Memoria no Cinema. A partir deste tema ou “ideia”, cada um de nós, alunos, temos de a interpretar e transformar em uma curta-metragem. A princípio, o tema pode suscitar pensamentos distintos; por um lado, é um tema bastante abrangente, que permite tanto espaço de liberdade criativa que pode levar, ao “melhor”, ou ao “ridículo”. Por outro lado, um desafio e um ponto de partida para a criação da narrativa. Depois de analisar os dois conceitos, e interpretá-los, o objectivo é concretizar. Desta forma, a curta-metragem é constituída por três partes essenciais; a pré-produção, a rodagem e a pósprodução. Neste relatório, irei abordar estes tópicos de forma individual, e ainda especificarei os aspectos técnicos do filme; as influências presentes e os objectivos propostos. Com o tema como base, a narrativa foi conciliada com um guião que já tinha pensado. A partir daí tratava-se de conciliar ambas as partes e compor as peças. A memoria está presente no filme, faz parte do filme; e a ideia definida que já tinha em mente conservou-se. O projecto foi pensado para ser filmado num estilo de cinema clássico, o que foi conseguido. É um dos meus estilos de eleição, mas não o que mais me satisfaz em termos de realização. A vontade de fazer um filme nesse registo era grande, e foi mais ou menos bem conseguida. Tendo a narrativa delineada, o mais complicado foi adaptar os dois. Tanto que o guião sofreu várias alterações, normais, e teve algumas versões. Os diálogos foram sempre uma das maiores preocupações e que mais alterações sofreu e que foi retocado bastantes vezes, e muitas vezes, encurtado, para melhor. A etapa mais importante, que é na preparação do filme, foi onde senti mais dificuldades, sendo que a pré-produção foi toda feita por mim, e não podia estar em dois sítios ao mesmo tempo. Esta fase serve para privilegiar a rodagem em si, que é quando tudo tem que correr em prazos milimétricos. Para este filme, a rodagem era essencial correr bem, para poder esclarecidamente, conseguir dar resposta ao acontecimento, estando em várias frentes ao mesmo tempo. É na rodagem que tudo é realizado para a derradeira etapa e na etapa mais importante de fazer um filme, é na pós-produção que se vê o que realmente o material que há para fazer um filme. É nesta fase, que há que conciliar os restantes elementos na composição dum filme, a edição e a montagem, o som e a banda sonora, a correcção de cor. Durante este relato, serão transmitidos os pormenores e as escolhas feitas ao longo deste processo de construção desta curta-metragem “A Bruma”, e ao longo destas três fases.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/1329
Aparece nas colecções:FAL - DCA | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese_Mestrado_Eliseu_Maia.pdfTese9,05 MBAdobe PDFVer/Abrir
A BRUMA (guião).pdfGuião7,98 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.