Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/1405
Título: Avaliação da qualidade de vida em crianças e adolescentes com asma
Autor: Guedes, Marta Lopes
Palavras-chave: Asma - Crianças - Qualidade de vida
Asma - Adolescentes - Qualidade de vida
Data de Defesa: Mai-2013
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: A Asma, definida no GINA (Global Initiative for Asthma) como doença inflamatória crónica das vias aéreas, tem vindo a registar um aumento da sua prevalência principalmente em crianças e adolescentes. Esta doença tem um enorme impacto na qualidade de vida das crianças/adolescentes afetadas, acarretando várias restrições a nível físico, emocional e social. O tratamento do doente crónico tem como objetivos primordiais prevenir a mortalidade, reduzir a morbilidade e promover o bem-estar do doente. Sendo a asma uma patologia crónica, é pertinente o estudo da qualidade de vida nestes doentes, principalmente como instrumento de avaliação da eficácia das intervenções realizadas em saúde. O objetivo central deste estudo é avaliar o impacto da asma na qualidade de vida relacionada com a saúde (QVRS) das crianças/adolescentes com esta patologia. Apresenta-se como uma investigação observacional, correlacional e transversal. Baseia-se na aplicação de um questionário dividido em três partes: 1) Dados sociodemográficos, clínicos e de caraterização da doença em crianças e adolescentes; 2) Questionário da Qualidade de Vida Pediátrica Versão 4.0 - PedsQL™ 4.0 e 3) Questionário da Qualidade de Vida Pediátrica na Asma – PAQLQ. Os dados obtidos foram tratados no Microsoft Office Excel 2007 e analisados no software Statistical Package for Social Sciences® (SPSS). Foram usados testes não paramétricos para a realização dos testes de hipóteses, considerando-se significativos para um p-value <0,05. No total, 74 crianças/adolescentes do Centro Hospitalar Cova da Beira (CHCB) e Centro Hospitalar entre Douro e Vouga (CHEDV) com idade compreendida entre os 8 e os 17 anos de idade responderam ao questionário, sendo 59,5% do sexo masculino. A dimensão do PedsQL™ 4.0 que registou resultados menos satisfatórios foi a “Dimensão de Funcionamento Escolar”, enquanto que no PAQLQ foi a dimensão “Sintomas”, o que implicou piores resultados na Qualidade de Vida Relacionada com a Saúde (QVRS). As pontuações obtidos pelo PedsQL™ 4.0, instrumento de avaliação geral, são influenciadas pelas pontuações do PAQLQ, sendo ainda possível afirmar que o primeiro ignora alguns aspetos importantes da QVRS, tendo o instrumento específico para a asma (PAQLQ) maior especificidade e sensibilidade para a sua avaliação. Observa-se que as variáveis sexo e prática de desporto extracurricular influenciam os níveis de QVRS. O desempenho escolar também é afetado pelos níveis de QVRS das crianças/adolescentes. Reconhece-se que este trabalho oferece uma visão fracionada do enorme leque de intervenientes que poderão afetar a QVRS das crianças/adolescentes asmáticas, no entanto, contribui para alertar sobre alguns componentes que influenciam o controlo da doença e consequentemente a qualidade de vida destes doentes. Recomenda-se deste modo que esta avaliação seja feita periodicamente por uma equipa multidisciplinar, para que o tratamento das crianças/adolescentes possa ser feito de uma forma mais eficaz.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/1405
Aparece nas colecções:FCS - DCM | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Marta Guedes.pdf2,17 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.