Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/1482
Título: Demência com Corpos de Lewy : aplicabilidade dos critérios de diagnóstico
Autor: Couto, Maria João Capitão
Palavras-chave: Demência com Corpos de Lewy
Demência com Corpos de Lewy - Diagnóstico
Demência com Corpos de Lewy - Tratamento
Corpos de Lewy
Data de Defesa: Mai-2013
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: Atualmente, a Demência com Corpos de Lewy corresponde à segunda demência degenerativa mais comum, depois da Demência de Alzheimer e, como tal, é considerada um importante problema de saúde pública. Trata-se de uma demência que se inicia de forma insidiosa, frequentemente depois dos 55-60 anos de idade, sendo a sua prevalência ligeiramente mais elevada no sexo masculino. Além da demência, característica fulcral, apresenta um variado leque de sinais e sintomas, entre eles: alucinações visuais, parkinsonismo, flutuações cognitivas, disfunção autónoma, distúrbios do sono e sensibilidade aos neurolépticos. Embora frequente, ainda é uma doença subdiagnosticada. Alguns dos motivos que poderão explicar as reduzidas taxas de diagnóstico prendem-se sobretudo com a heterogeneidade da doença, pelas semelhanças clínicas e/ou patológicas que compartilha com a Doença de Alzheimer e a Doença de Parkinson e também pelo baixo índice de suspeição por parte dos clínicos em relação a esta patologia. Com o propósito de reverter essa realidade, foram desenvolvidos, a nível internacional, critérios de diagnóstico para a Demência com Corpos de Lewy. Ao longo dos anos, estes têm sido alvo de várias revisões, tendo sido a última no ano 2005. Foi neste contexto que surgiu a presente monografia, com a finalidade de abordar os referidos critérios e de elucidar para a sua aplicabilidade clínica, como tentativa de disseminação destes. São abordadas as formas de apresentação, patogénese, métodos de diagnósticos, bem como as atuais recomendações terapêuticas. Para tal, foi levada a cabo uma revisão da literatura científica mais recentemente publicada e relevante, acerca da doença em estudo. Este trabalho contempla ainda a apresentação e discussão de seis casos clínicos com suspeita de Demência com Corpos de Lewy, seguidos em consultas de neurologia do Hospital Pêro da Covilhã - Centro Hospitalar Cova da Beira. Após uma pesquisa detalhada e análise dos casos, foi possível concluir que realmente se trata de uma doença de difícil diagnóstico, não só pelo abrangente conjunto de sinais e sintomas mas também pela dificuldade em realizar exames complementares de diagnóstico mais específicos na detecção da referida doença. É necessário, por parte dos médicos, um elevado índice de suspeita clínica para diagnosticar estes doentes.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/1482
Aparece nas colecções:FCS - DCM | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação MªCapitão Couto.pdf540,1 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.