Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/1508
Título: Análise retrospetiva do carcinoma basocelular no Serviço de Dermatologia do Hospital Sousa Martins, Guarda, no período de 2010-2011
Autor: Oliveira, Patrícia Isabel Neto
Palavras-chave: Carcinoma basocelular
Carcinoma basocelular - Análise retrospectiva
Carcinoma basocelular - Factores de risco
Carcinoma basocelular - Manifestações clínicas
Carcinoma basocelular - Dermatologia
Data de Defesa: Mai-2013
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: INTRODUÇÃO: O carcinoma basocelular é o tumor cutâneo maligno mais comum, no entanto, apesar da sua elevada prevalência, fenómenos metastáticos são extremamente raros. São tumores localmente destrutivos, de crescimento lento e com uma notável variedade de aspetos clínicos. A elevada incidência deste tumor deve-se, maioritariamente, a hábitos de exposição solar prolongados, sendo as localizações mais afetadas as relacionadas com as áreas mais expostas à radiação ultra-violeta. OBJETIVOS E MÉTODOS: O principal objetivo deste trabalho consiste em fazer um estudo aprofundado do carcinoma basocelular no Serviço de Dermatologia do Hospital Sousa Martins, Guarda, no período de 2010-2011. A sua realização pretende descrever a população em estudo e dar a conhecer a realidade da área de intervenção do referido hospital. Para tal, são várias as características analisadas, nomeadamente, distribuição por sexo e idade, localização anatómica da lesão, fatores de risco associados, forma de apresentação clínica ao diagnóstico, características clínicas, acuidade diagnóstica e tratamentos efetuados. Todos os casos incluídos foram confirmados por diagnóstico histopatológico. Foi realizada uma análise documental retrospetiva por revisão dos processos clínicos dos doentes com o diagnóstico de carcinoma basocelular. Os dados obtidos foram submetidos a uma análise estatística descritiva através do cálculo de medidas como frequências, percentagens e médias. Em acréscimo, procedeu-se a uma revisão bibliográfica sobre a temática em questão. RESULTADOS: Foi obtida uma listagem de 255 indivíduos com a patologia, tendo sido contabilizadas 312 lesões. Foram incluídos, no estudo, 148 mulheres (58%) e 107 homens (42%), com idade média de 77,4 anos (± 11,3 [37-101]). A região da cabeça e pescoço foi a mais afetada, com 273 casos (87,5%), sendo a localização específica predominante a região nasal com 60 casos (19,2%). A dimensão média das lesões foi de 13,59 milímetros (± 8,90 [4-50]) e o período médio de evolução das mesmas foi de 16,19 meses (± 12,17 [2-60]). O subtipo histológico mais frequentemente encontrado foi o nodular, em 164 casos (52,6%). Foi verificado a existência de recidivas em 13 casos. A abordagem terapêutica mais utilizada foi a exérese cirúrgica em ambulatório.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/1508
Aparece nas colecções:FCS - DCM | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Patricia Isabel Neto Oliveira_21366_Dissertação Mestrado.pdf1,47 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.