Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/1536
Título: Determinação de Tetrahidrocanabinol e principais metabolitos em amostras de plasma com recurso à microextração em seringa empacotada e análise por cromatografia gasosa acoplada a um detetor de espectrometria de massa em tandem
Autor: Fernandes, Luís Miguel Loureiro
Palavras-chave: Farmácia comunitária - Gestão - Estágio pedagógico
Farmácia hospitalar - Gestão - Estágio pedagógico
Microextração em seringa empacotada
Plasma
Canabinóides
Cromatografia gasosa
Espectrometria de massa
Data de Defesa: Out-2013
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: A presente dissertação de mestrado encontra-se dividida em três capítulos. No primeiro e segundo capítulo encontram-se descritos os estágios realizados, respetivamente, em farmácia comunitária e farmácia hospitalar. São referidas as principais atividades desenvolvidas e funções assumidas no Hospital Sousa Martins e na Farmácia Tavares, com destaque para a importância crescente do farmacêutico em equipas multidisciplinares de saúde e como agente de promoção de saúde pública. No terceiro capítulo encontra-se descrito o trabalho de investigação desenvolvido no Centro de Investigação em Ciências da Saúde da Universidade da Beira Interior. A cannabis é a droga ilícita mais disponível e mais consumida a nível mundial, como tal tornase necessário dotar os laboratórios de metodologias mais céleres e eficazes de forma a identificar e quantificar estas substâncias psicoativas. O objetivo do trabalho de investigação foi o desenvolvimento e validação de um método analítico usando microextração em seringa empacotada e cromatografia gasosa acoplada à espetrometria de massa em tandem, para a determinação e quantificação do delta-9-tetrahidrocanabinol, 11-hidroxi- delta-9- tetrahidrocanabinol e 11-nor-9-carboxi-delta-9-tetrahidrocanabinol em amostras de plasma humano. É de salientar que esta é a primeira vez que estes compostos são determinados em amostras de plasma com recurso à microextração em seringa empacotada. A elevada quantidade de interferentes biológicos existentes na matriz torna a preparação das amostras um passo fundamental no processo analítico. Desta forma procedeu-se à otimização da técnica extrativa usando o planeamento fatorial, uma ferramenta estatística aplicada ao processo de decisão e que avalia de forma multivariada os fatores intervenientes na extração. As condições finais otimizadas foram: diluição da amostra (1:20), número de aspirações pelo dispositivo (26), quantidade de ácido acético numa solução de lavagem (3%), quantidade de metanol noutra solução de lavagem (5%) e quantidade de hidróxido de amónio na solução de eluição (10%). O método foi validado seguindo critérios internacionais e os parâmetros estudados incluíram linearidade, seletividade, limites de deteção (LOD) e quantificação (LLOQ), precisão e exatidão. O procedimento foi linear para o intervalo de concentrações de 0,1 (limite inferior de quantificação - LLOQ) até 30 ng/mL, com coeficientes de determinação (R2) superiores a 0,99 para todos os analitos. Precisões intra- e inter-dia foram tipicamente inferiores a 15% para todos os analitos a todas as concentrações estudadas, enquanto a exatidão se situou dentro do intervalo de ±15%. As recuperações variaram entre 53% e 78%. O método validado mostrou ser aplicável à análise de amostras reais, sendo então uma ferramenta vantajosa não só no âmbito de análises de toxicologia clínica e forense, mas também em análises de despiste de consumo de cannabis e derivados.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/1536
Aparece nas colecções:FCS - DCM | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
LUIS_FERNANDES_TESE.pdf4,18 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.