Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/1558
Título: Relatório de estágio
Autor: Pereira, Daniel da Silva
Orientador: Diogo, Vasco Gabriel Bordalo Machado Crespo
Palavras-chave: Cinema - Relatório de estágio
Cinema - Produção
Cinema - Realização
Cinema - Figuração
Produtora cinematográfica
Data de Defesa: Out-2012
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: Este relatório refere-se ao estágio curricular desenvolvido no âmbito do mestrado de Cinema, da Universidade da Beira Interior. Este estágio curricular aparece no último ano de mestrado, levando o mestrando a ter alguma experiência profissional. O Estágio Curricular teve lugar no ano lectivo de 2011/2012, de 1 de Dezembro de 2011 a 31 de Maio de 2012. A escolha do estágio com apresentação de relatório deu-se porque me pareceu preferível ver como funciona o mundo profissional do cinema e audiovisual, antes de acabar o mestrado. Antes do estágio contactei várias empresas, para saber se estariam disponíveis para receber um estagiário. As empresas que procurei foram sobretudo produtoras, já que era nessa área que queria ganhar experiência. No final houve uma empresa que se mostrou disponível a receber um estagiário e que encaixava naquilo que se pretendia fazer. Não tendo ainda o estatuto de empresa, chamada A Sair do Lugar Associação Juvenil, assinava os seus filmes com o nome de Riot Films. A empresa não se dedica exclusivamente ao cinema, trabalhava em produções de vídeos musicais e vídeos publicitários, contando com a produção de duas curtas-metragens e vários vídeos musicais e publicidade. Durante este estágio curricular, de sua duração seis meses houveram algumas actividades executadas que deram a perceber as várias fases necessárias para uma produção e para a estabilização de uma produtora. Apesar de não se participar em todas as área da fabricação de filmes, dá para perceber a dimensão de uma produção cinematográfica ou mesmo da empresa (mesmo em pequenas produtoras). Numa primeira fase, o estágio pode parecer que nada tem a ver com o curso de cinema. Mas o cinema não é só o que está em cena ou do que é filmado, há que organizar o filme e a sua equipa. As tarefas poderão ir desde o catering, a limpezas, ou organização de documentos relacionados com a produtora. Apesar de tudo será sempre relacionado com a produção do filme ou das burocracias de uma produtora. Todas estas tarefas apesar de parecerem fúteis para quem estuda Cinema, são uma das bases para poder chegar ao produto final. As tarefas principais que me competiram foram assistência de produção e assistência na direcção artística. Além destas tarefas, também fiz figuração, e trabalhos de escritório, entre outras pequenas coisas. As actividades serão aprofundadas ao longo deste relatório. A produção em cinema é a parte que constrói o filme, tendo o director de produção no topo, que gere tudo o que acontece no filme. Abaixo do director normalmente há assistentes de produção, que se ocupam de várias tarefas que durante a produção vão sendo precisas fazer. O assistente de produção é um “faztudo” devendo preparar-se para imprevistos e para ter de fazer várias tarefas de diferente natureza. Normalmente o objectivo do assistente é aliviar o trabalho do director de produção. A direcção de arte é o departamento que se encarrega da montagem do cenário. Aqui também há uma hierarquia, o director de arte toma as decisões do aspecto cénico do filme, em acordo com o realizado. Enquanto o assistente deve receber as ordens do director e montar o cenário, comprar materiais e dar assistência em plateau. Num estágio curricular como este, a experiência não se ganha só quando o estagiário faz qualquer trabalho. A observação também ajuda a perceber como funciona o trabalho. O facto é que ao observar por exemplo, um realizador ou um director de fotografia com alguma experiência, pode se perceber a tipificação do trabalho e como uma pessoa experiente adapta às várias dificuldades que vão aparecendo. Ao ter em conta as outras opções para finalizar o mestrado (dissertação ou projecto), pareceu-me que seria mais proveitoso fazer o estágio com entrega de relatório. Na minha opinião esta é a opção que mais experiência profissional dá, isto dando não tirando valor às outras opções, cada numa delas há boas formas de aprendizagem e experiência, isto é só uma opinião. Ao conhecer o meio do cinema e audiovisuais é mais fácil a nossa integração quando estivermos formados e queremos iniciar uma carreira na área, quer seja numa produtora ou por conta própria Este relatório pretende portanto aprofundar os conhecimentos adquiridos ao longo de um estágio de seis meses. Passando por tudo o que se fez e observou, mostra-se assim, a evolução do estagiário ao longo deste tempo desde a sua chegada até à finalização do estágio.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/1558
Aparece nas colecções:FAL - DCA | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Relatório Final.pdfRelatório - PDF992,78 kBAdobe PDFVer/Abrir
Relatório Final.docRelatório - Word5,1 MBMicrosoft WordVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.