Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/1609
Título: Prática de ensino supervisionada, Geometria Descritiva A : antropologia visual, um projeto escolar
Autor: Batista, Maria Alice Monteiro
Palavras-chave: Artes visuais - Prática de ensino supervisionada
Artes visuais - Estágio pedagógico
Artes visuais - Antropologia visual - Projecto
Artes visuais - Imagem - Metodologia de ensino
Artes visuais - Educação - Pedagogia
Data de Defesa: Out-2013
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: O presente relatório de estágio pedagógico foi elaborado no contexto do Mestrado em Ensino de Artes Visuais do 3º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário. Será exposto todo o trabalho realizado no período de estágio e também a pesquisa e o desenvolvimento do tema de investigação - “Antropologia Visual – um projeto escolar”. Encontra-se, assim, dividido em duas partes, a primeira parte, que incidirá na prática de ensino supervisionada, propriamente dita, com dois capítulos, que irão abranger uma componente descritiva sobre a caracterização do meio (escola, recursos humanos, comunidade e relações de simbiose entre os mesmos) e uma reflexão crítica sobre todo o percurso e trabalho desenvolvido na prática de ensino supervisionada, nomeadamente questões de índole pedagógica e didática como – implementação/ aferição da eficácia de metodologias e/ou estratégias de ensino-aprendizagem (incluindo as atividades propostas aos alunos e a metodologia de avaliação), a gestão de aulas e observação direta e avaliação (pessoal, do orientador cooperante e dos professores estagiários) das mesmas, as intervenções extracurriculares e a relação com a comunidade educativa. A segunda parte, deste relatório, é dedicada ao tema de investigação escolhido “Antropologia Visual – um projeto escolar”, começando por uma definição operacional do que é a “Antropologia Visual” e, para tentar responder às questões de investigação que levam não só ao conhecimento da área como à defesa da sua inserção em contexto escolar, pesquisa bibliográfica fundamentada e respetiva análise, síntese e levantamento de hipóteses, também a nível especulativo, das estratégias pedagógicas e didáticas para inserir esta área de conhecimento no ensino formal. As questões teóricas que, o recurso à imagem, nas formas de representação antropológica, coloca à Antropologia assentam na validade da produção de conhecimento antropológico com base na imagem, que se confronta com a palavra escrita. A investigação, aqui apresentada, enquadra a temática da Antropologia Visual e serve-se dela como pretexto para esclarecer o percurso deste ramo da Antropologia Visual como um projeto escolar.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/1609
Aparece nas colecções:FAL - DCA | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Relatorio_AliceBatista_MEAV_UBI.pdfTese2,59 MBAdobe PDFVer/Abrir
Anexos.zipAnexos17,02 MBZipVer/Abrir
Apêndices.zipApêndices248,25 MBZipVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.