Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/1616
Título: Tratamento cirúrgico no hiperparatiroidismo primário : estudo bibliográfico atualizado e casos clínicos
Autor: Silva, Nuno André Cordeiro Pereira da
Palavras-chave: Hiperparatiroidismo - Sintomatologia
Hiperparatiroidismo - Tratamento
Paratiroidectomia
Hipercalcémia
Glândula paratiróide
Data de Defesa: Mai-2013
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: Introdução: O hiperparatiroidismo primário é uma das endocrinopatias mais comuns, afetando principalmente a população adulta, sendo mais comum em mulheres do que em homens. A doença tem um pico de incidência entre a terceira e quinta década, mas também ocorre em crianças e idosos. Esta patologia leva a um distúrbio generalizado no cálcio e no fosfato, bem como afeta o metabolismo ósseo devido a um aumento da secreção de hormona paratiroide. O acréscimo na secreção desta hormona traduz-se frequentemente em hipercalcémia e hipofosfatémia. Esta patologia tem um quadro clínico variável, podendo o paciente apresentar alterações do sistema esquelético, nefrolitíase, úlceras pépticas, alterações mentais, bem como outras alterações invulgares. O aumento da consciencialização sobre a doença, bem como o aumento do uso de testes multifásicos de triagem, permite que o diagnóstico seja feito numa etapa precoce minimizando-se assim os riscos que advêm de uma exposição prolongada a níveis elevados de cálcio. Como consequência deste desenvolvimento a maioria dos pacientes diagnosticados é assintomático, sendo assim raro a crise hipercalcémica. Objetivo: Apresentar um caso clínico com hiperparatiroidismo primário e fazer uma revisão bibliográfica tendo por base tratados de medicina e artigos científicos dos últimos 15 anos. Métodos: A recolha bibliográfica desta tese alicerçou-se nas bases de dados virtuais disponibilizadas pela Universidade aos estudantes, nomeadamente o Uptodate e a Sciencedirect. A pesquisa foi efetuada com os termos “Hiperparatiroidismo”, “Hipercalcémia”, “Tratamento”, “Sintomatologia”, “Paratiroidectomia”. nos idiomas Português e Inglês. Resultados e Discussão: No caso clínico abordado, o doente foi enviado para o serviço de medicina interna do Centro Hospitalar Cova da Beira após ter sido detetado, em análises de rotina, uma hipercalcémia grave com valores elevados de hormona paratiroide. Assume especial importância o facto de o paciente ser assintomático, devido a ter sido efetuado uma deteção precoce do hiperparatiroidismo primário. A ausência de sintomatologia, hipercalcémia grave e níveis elevados de hormona paratiroide apontaram para um quadro de hiperparatiroidismo primário. Foi efetuada uma paratiroidectomia eletiva na qual foi removida a glândula paratiroide inferior direita. Após a cirurgia a acreção óssea aumentou gradualmente, contudo devido ao curto período de tempo entre a intervenção e a densitometria de controlo o risco de fratura mantém-se ainda elevado. Conclusão: Pese embora o desenvolvimento recente da terapia médica, a paratiroidectomia é o único tratamento capaz de curar esta patologia. Pesquisas futuras serão necessárias para adaptar o tratamento adequado ao paciente certo.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/1616
Aparece nas colecções:FCS - DCM | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação André Silva.pdf1,25 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.