Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/1667
Título: Concepção de estruturas de malha com elevadas capacidades de transferências térmica e fisiológica para aplicação em calçado desportivo
Autor: Bento, Maria Raquel Figueiredo
Palavras-chave: Calçado desportivo - Conforto termofisiológico
Estruturas de malha - Propriedades termofisiológicas
Estruturas de malha - Propriedades termofisiológicas - Calçado desportivo
Data de Defesa: Ago-2009
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: O conforto é hoje em dia uma questão fundamental, muito particularmente ao nível do calçado. Portanto, o desenvolvimento de estruturas a serem usadas como forro, em especial na área do calçado desportivo, é da maior relevância, de modo a assegurar o conforto do pé do seu portador durante o uso. Se o suor não for transferido da pele para o ar circundante ou para as camadas exteriores do calçado, esta sensação é então interpretada como desconfortável. Quando cessa a actividade muscular, o interior do sapato começa a arrefecer rapidamente nas zonas mais húmidas levando a uma sensação de frio na zona afectada. Como tal, o objectivo principal deste trabalho é a concepção e optimização de estruturas de malha com duas camadas, de modo a responder aos problemas de transporte de humidade e de manutenção de uma temperatura óptima do pé, evitando-se a sensação de desconforto e também a formação de microrganismos/fungos. A construção de uma estrutura deste tipo, dita funcional, assenta no princípio de que a camada em contacto com o pé deve apresentar colunas de laçadas pouco compressíveis, de modo a haver apenas pontos de contacto e não superfícies de contacto entre eles, e entre essas colunas dever-se-á verificar a existência de canais, preenchidos com ar, de forma a acelerar o escoamento de humidade e a permitir um maior isolamento térmico. As estruturas desenvolvidas tiveram como base a estrutura rib, a partir da qual se derivou para outras, através da introdução de laçadas carregadas, sobre as quais se avaliou os seus desempenhos térmico e fisiológico. Para tal, as propriedades avaliadas a nível térmico foram a condutividade térmica, a resistência térmica e a absortividade térmica; a nível fisiológico foram a permeabilidade ao vapor de água e a resistência evaporativa. Com essa finalidade, usaram-se respectivamente os aparelhos Alambeta e Permetest. Fez-se igualmente a avaliação dos desempenhos térmico e fisiológico de estruturas utilizadas a nível industrial em forros de sapatilhas, de modo a poder-se averiguar do desempenho das mesmas comparativamente ao das estruturas desenvolvidas neste trabalho. Após análise e interpretação dos resultados obtidos, foi possível eleger uma estrutura tipo que melhor cumpre os objectivos e também deste modo, optimizar a largura do canal de separação entre as colunas de laçadas.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/1667
Aparece nas colecções:FE - DCTT | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
concepção de estruturas de malha com elevadas capadidades de tranferências térmica e fisiológica.pdf10,98 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.