Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/1744
Título: Caraterização Química de Produtos Naturais de Plantas Medicinais de Angola
Autor: Canelo, Laura Isabel Nave
Palavras-chave: Plantas medicinais angolanas, Piliostigma thonningii, Phragmanthera glaucocarpa, Croton gratissimus, Peltophorum africanum, Gymnosporia senegalensis.
Data de Defesa: 21-Out-2013
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: Neste trabalho foram estudadas as seguintes plantas medicinais angolanas: a raiz da Piliostigma thonningii (Schum.) Milne-Redh, a raiz da Phragmanthera glaucocarpa (Peyr.) Balle, recolhidas no Uíge, a parte aérea da Croton gratissimus Buch., recolhida na Quiita, a raiz da Peltophorum africanum Sond. e ramos da Gymnosporia senegalensis (Lam.) Loes., recolhidas na Humpata. O material vegetal foi macerado e exaustivamente extraído a frio com metanol. Posteriormente, procedeu-se ao fracionamento do extrato de metanol em fração de hexano, clorofórmio e acetato de etilo. Por fracionamento destas frações, com misturas de vários solventes de polaridades crescentes, foram isolados diversos tipos de compostos. Na raiz da Piliostigma thonningii foram isolados o β–sitosterol, ácido benzóico, ácido 3-O-β-D-fucopiranosilquinóvico, ácido 3-O-α-L-ramnopiranosilquinóvico e a vincosamida. Todos estes compostos, exceto o β–sitosterol, são pela primeira vez isolados no género Bauhinia e na Piliostigma thonningii. A raiz da Phragmanthera glaucocarpa foi estudada, embora não tenham sido isolados quaisquer compostos. Na parte aérea da Croton gratissimus foram isolados o 1β-metoxicariolan-9β-ol, o 7δ-metoxiopposit-4(15)-en-1β-ol, 6α-metoxieudesm-4(15)-en-1β-ol, ácido cis-ózico, germacra-4(15),5,10(14)-trien-1β-ol, ent-kaur-16-en-19-ol, ácido 15-metoxi-neo-clerodan-3,13-dien-15,16-olida-18-óico, sacarose e o trans-4-hidroxi-N-metilprolina pela primeira vez no género Croton. Foram ainda isolados o óxido de cariofileno, ácido ent-kaur-16-en-19-óico, espatulenol, β-sitosterol e lupeol, já isolados no género Croton e alguns nas folhas da Croton gratissimus. Na raiz da Peltophorum africanum foram isolados dois compostos, o lupeol e o mallanósido A, que nunca foram isolados no género Peltophorum. Nos ramos da Gymnosporia senegalensis foram isolados dois compostos, que nunca foram isolados no género Gymnosporia o 3β-hidroxi-30-nor-lup-20-ona e o 3-epi-gloquidiol. O β-sitosterol e o 3β-hidroxi-lup-20(29)-en-30-al foram também isolados, sendo que o segundo é pela primeira vez isolado na G. senegalensis.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/1744
Aparece nas colecções:FC - DQ | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese de Doutoramento Laura Isabel Nave Canelo.pdf6,05 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.