Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/1830
Título: A criatividade no âmbito da performance em futebol : um estudo baseado na literatura e na percepção de treinadores e jogadores de futebol de rendimento superior
Autor: Lapa, Alfredo Manuel Oliveira da
Palavras-chave: Futebol
Aspectos táctico-técnicos
Data de Defesa: Out-2010
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: A criatividade assume uma importância consensual em praticamente todos os domínios da vida humana, portanto, é fundamental transferir a consciência de tal importância para o contexto de tudo aquilo que pertence ao mundo do Futebol. Neste sentido, torna-se necessário compreender de que modo se relacionam os conceitos de criatividade e inteligência, na sua forma de manifestação criativa inteligente. Considerado hoje, o jogo de Futebol, cada vez menos flexível e mais mecanizado, importa perceber quais as características personológicas do jogador criativo necessárias para promover e potenciar o jogo criativo, com autonomia e liberdade, dentro da necessária ordem estabelecida. No presente estudo pretende-se congregar e substanciar argumentos que evidenciem a importância atribuída à criatividade, no âmbito da performance no Futebol, nomeadamente ao modo como esta poderá ser estimulada e desenvolvida no treino e perceber quais as principais características personológicas do jogador criativo. A propósito, pretende-se ainda apreender o entendimento de treinadores e jogadores de Futebol de rendimento superior. Para este efeito recorreu-se a uma pesquisa bibliográfica e documental, para além de questionários aplicados a treinadores e jogadores de Futebol de rendimento superior, que participaram no Campeonato Português da Primeira Liga, na época de 2009/2010. O cruzamento da informação decorrente da revisão bibliográfica com o conteúdo dos questionários aplicados, permitiu retirar as seguintes conclusões: a) admite-se que a alta criatividade exige elevada inteligência, sem contudo terem ambas que estar correlacionadas; b) não há um único tipo de inteligência, mas antes uma pluralidade de inteligências que agindo combinadas definem para cada jogador um perfil com características e qualidades distintas; c) a inteligência de jogo é a capacidade que permite ao jogador perceber as múltiplas configurações do jogo optando pela melhor solução; d) criatividade é a capacidade de incorporar o novo e o inesperado, sobrepujando os parâmetros normais de resolução de problemas no jogo, e cumprindo-se no respeito pelos princípios de jogo adoptados em relação ao modelo de jogo criado pelo treinador; e) o desenvolvimento do potencial criativo depende da confluência de diferentes factores, assumindo-se a criatividade como um Conceito Multidimensional; f) a manifestação da realização criativa é considerada inteligente quando colocada ao serviço da equipa; g) o conceito de criatividade está mais associado à corrente cognitiva, como demonstra o elevado grau de importância atribuído à resolução de problemas; h) a personalidade do jogador criativo está mais associada à inteligência; coragem; confiança e auto-estima; genialidade; espontaneidade; i) a excelência desportiva decorre da confluência de habilidades, aptidões (inatas) e competências que emergem e se desenvolvem quando são adequadamente estimuladas no processo de treino; j) os contextos que se caracterizam por uma alta variabilidade, assumem-se como fundamentais para o desenvolvimento de todas as competências táctico-técnicas e estratégicas.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/1830
Aparece nas colecções:FCSH - DCD | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese - A Criatividade no âmbito da performance em futebol.pdf1,73 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.