Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/1845
Título: A formação de professores de Inglês para o 1º ciclo do Ensino Básico
Autor: Nunes, Luís Manuel André
Orientador: Mesquita, Paula Elyseu
Palavras-chave: Abordagem comunicativa-afectiva
Ensino do inglês
Data de Defesa: Out-2011
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: Este trabalho visa problematizar a formação de professores de Inglês feita até 2005, ano da implementação do Programa de Generalização do Ensino do Inglês (PGEI) no ensino básico decretada pelo Ministério da Educação, e a sua adequação às novas funções que muitos professores assumiram, a partir dessa data, de ensino de Inglês a uma faixa etária bem mais jovem do que o habitual. Pretende este trabalho ainda perspectivar a necessidade de formação complementar que permita a estes professores desempenharem com mais qualidade pedagógica as suas funções e, assim, obter um estatuto mais digno e melhores garantias de futuro. Questionamos ainda a validade de alguns pressupostos que estiveram na origem da introdução do ensino do Inglês de forma generalizada no 1º ciclo do ensino básico. Num primeiro capítulo procedemos à análise dos documentos produzidos pelos organismos que têm acompanhado o PGEI: Comissão de Acompanhamento do Programa (CAP) e Associação de Professores de Inglês (APPI), confrontando-os com a literatura disponível sobre a temática. Num segundo capítulo analisamos o tipo de formação recebido pelos professores que iniciaram a implementação do PGEI em 2005 e, apoiando-nos novamente na literatura, tentamos perceber qual a sua adequação à nova realidade educativa que estes professores enfrentam. Num terceiro capítulo percorremos os vários métodos conhecidos para o ensino do Inglês, à luz do que é transferível para a leccionação da disciplina no 1º ciclo. Propomos, seguidamente, uma nova abordagem no ensino do Inglês neste ciclo a que chamamos Abordagem Comunicativa-Afectiva, onde a ênfase é colocada na comunicação e na criação de laços de afectividade entre alunos e professor. Por fim abordamos um caso de boas práticas e reflectimos sobre dados recolhidos junto das Câmaras Municipais, dos pais dos alunos de 1º ciclo e desses mesmos alunos e, ainda, dos professores que desbravam o terreno novo da leccionação do Inglês no 1º ciclo. A partir destes dados, propomos a formação que consideramos necessária para os professores deste novo nível de ensino.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/1845
Aparece nas colecções:FAL - DL | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese PhD Luís Nunes.pdfTese2,07 MBAdobe PDFVer/Abrir
Errata.pdfErrata107,51 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.