Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/1996
Título: Proposta de uma matriz para avaliação do diário de formação no âmbito do projecto de formação contínua de professores: o caso específico do PNEP
Autor: Duarte, Helena Cristina Ventura Russo Gomes Filipe
Palavras-chave: Programa Nacional do Ensino do Português
Data de Defesa: 2010
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: Em Portugal, no final da década de 1980, início da década de 90, surgiram grandes transformações nas orientações políticas educativas e, por inerência, no sistema educativo. O direito à educação exprime-se pela garantia de uma permanente acção formativa, dirigida ao desenvolvimento global da personalidade, ao progresso social e à democratização da sociedade. O presente estudo centra-se no Ensino Básico, nas propostas de organização do currículo do mesmo, mais especificamente na área da Língua Portuguesa. A gestão curricular (Dec. Lei nº 6/2001) representa uma inter-relação de três concepções chave: - “diferenciação, adequação e flexibilização”. Destaca-se uma noção ampla de competência, que integra conhecimentos, capacidades e atitudes. A aquisição de conhecimentos é realizada por um saber em acção. A noção de competência, como base das relações educativas, é o poder cruzar interesses entre escola, formação e emprego. Assim, a nível pedagógico é possível verificar a transição de um ensino, centrado em saberes disciplinares, para um ensino assente na produção de tarefas específicas através de competências necessárias às situações que os alunos podem compreender e dominar. É nesta linha de orientação que surge o Programa Nacional do Ensino do Português (PNEP), que visa a formação de docentes do 1º Ciclo do Ensino Básico, com o intuito de promover práticas pedágógicas centradas numa acção mais reflexiva. Esta acção reflexiva e sistemática é sobretudo assente numa relação ciclíca entre a acção tutorial do docente/formando e os resultados de desempenho dos alunos, criando, em paralelo, condições para o desenvolvimento de uma metalinguagem didáctica sobre percursos formativos. O PNEP, ao pretender desenvolver uma atitude mais reflexiva nos docentes/formandos implementa o Diário de Formação, como condição para que estes possam aceder à creditação. Este estudo baseia-se na proposta de uma matriz para a avaliação do Diário de Formação no âmbito da formação contínua, mais concretamente a nível do PNEP.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/1996
Aparece nas colecções:FAL - DL | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO em CD.pdf2,5 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.