Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2022
Título: Previsão da densidade do tráfego aéreo nas zonas terminais do voo
Autor: Coelho, Nelson Manuel Antunes
Palavras-chave: Densidade de ocupação
Espaço aéreo
Data de Defesa: Jun-2012
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: O congestionamento do tráfego aéreo em zonas terminais do voo é um problema com impactos económicos e ao nível da segurança aérea nessas áreas. Esta dissertação pretende modelar e simular, numa primeira fase, o fluxo de tráfego aéreo para prever a duração do voo através de estimativas feitas ao longo do mesmo. Os dados de voo utilizados na criação das estimativas foram recolhidos do site www.localizatodo.com e, com recurso a um programa em MatLab, conseguiram separar-se, numa forma matricial, os dados importantes para a previsão da duração do voo, sendo estes: o instante de tempo, a latitude, a longitude, a altitude, a velocidade instantânea e o rumo da aeronave. Para estas estimativas foram calculados os dados relativos às posições dos waypoints1, por onde a aeronave tinha ainda que passar até chegar ao seu destino. Nesta análise a velocidade média foi calculada determinando a distância percorrida aproximadamente nos últimos dez minutos até ao instante atual do voo, sendo depois essa distância dividida pelo tempo que demorou a percorrê-la. Com base nessa velocidade média, tendo uma noção da distância loxodrómica que falta percorrer e a já percorrida, pode estimar-se o tempo total do voo com recurso à função sigmoide. Numa segunda fase desta dissertação pretendeu-se prever a densidade de tráfego numa zona de voo terminal (TMA2). Esta previsão foi conseguida através de estimativas dos tempos de voo de uma amostra de dez aeronaves que se dirigiam para uma mesma TMA e que iriam chegar até ela num intervalo de tempo aproximadamente entre os 60 e os 200 minutos. Foi possível concluir que as estimativas de duração do voo se aproximavam mais do valor real quanto mais próximo estivesse o fim do voo. Também se concluiu que as estimativas eram mais precisas se os intervalos de tempo entre os pontos do voo em que foi possível recolher dados fossem mais constantes. Mesmo utilizando dados recolhidos entre intervalos de tempo inconstantes, foi possível prever aproximadamente as densidades de aeronaves presentes em TMAs para instantes futuros.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2022
Aparece nas colecções:FE - DCA | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Nelson Coelho M4053.pdf1,78 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.