Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2029
Título: Gestão de colecções nas bibliotecas públicas portuguesas, da teoria à prática: sugestões para um guia de procedimentos
Autor: Santos, Luís Filipe Reis dos
Palavras-chave: Biblioteconomia
Gestão de colecções
Desenvolvimento de colecções
Bibliotecas públicas
Data de Defesa: Mai-2011
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: Por que razão apareceu este guia? Como estudante e investigador na área das Ciências Documentais, assim como leitor assíduo de Bibliotecas públicas, senti a necessidade de uma descoberta mais aprofundada em relação à criação e manutenção de uma colecção de qualidade com características correspondentes às necessidades informacionais dos utilizadores. Este motivo é suficientemente forte para a criação de um guia de procedimentos sobre gestão e desenvolvimentos de colecções. Ao longo desta busca, parei, algumas vezes, na procura de respostas perante as mais diversas situações obtidas, observando situações facilmente ultrapassáveis com a existência de uma verdadeira política de Biblioteca Pública, lugar de formação de uma sociedade da Informação num processo de evolução constante. Mas também observei locais, com profissionais competentes, detentores de um conhecimento implícito e domínio contextual do meio em que se movem. Na fase do trabalho de campo foi enviado um inquérito por questionário a todas as Bibliotecas Municipais integradas na Rede Nacional de Bibliotecas Públicas, num total de 250 (duzentas e cinquenta). Este questionário teve como objectivo obter uma panorâmica das politicas de gestão e desenvolvimento de colecções existentes e qual o grau de utilização das mesmas, funcionando como guia indispensável à elaboração de uma ferramenta de trabalho, adaptável tanto aos profissionais sem formação nesta área específica da Biblioteconomia, como para os profissionais experientes com dúvidas na execução de determinadas acções. Tentei ao longo da investigação simplificar os processos, pondo de lado algumas superficialidades sem interesse contextual, promovendo a simplificação procedimental. Adoptei competências sugeridas por organizações de renome, exercícios simples e fáceis de executar para aquisição dessas mesmas competências. Tudo para obter um único objectivo: o alcançar de competências na área de gestão e desenvolvimento de colecções, para uma melhor formação dos profissionais de Informação-Documentação, permitindo lidar de uma forma eficiente com os desafios do dia-a-dia. Tenho esperança que este manual seja o primeiro passo para obter o objectivo proposto.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2029
Aparece nas colecções:FAL - DL | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Luís Filipe Santos.pdf1,14 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.