Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2035
Título: O utilizador da biblioteca escolar: conteúdos a integrar no programa curricular de Língua Portuguesa
Autor: Gaudêncio, Telma Patrícia Alves
Palavras-chave: Biblioteca escolar
Formação de leitores
Data de Defesa: Jun-2011
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: Desde sempre que a comunicação foi um factor importante na sociedade. Os nossos antepassados tentaram arranjar formas de comunicar entre eles. Desenharam em cavernas, inventaram formas de escrever, desenvolveram suportes de escrita. A preocupação em armazenar informação não é só dos tempos mais modernos, já os nossos antepassados se interrogavam como faze-lo. Foi assim que começou a pensar-se num local onde tudo estivesse devidamente acondicionado. Chegámos assim às bibliotecas, não como hoje as conhecemos mas com a mesma função. A sociedade onde estamos inseridos está em busca constante pela informação. Para fazer face a esta busca constante as bibliotecas forma-se modernizando, deixando de ser salas cheias de livros empoeirados. Hoje encontramos lado a lado livros, jornais, revistas, DVD‟s, CD‟s, computadores. A biblioteca já não é uma sala fechada onde os livros são tesouros, a biblioteca está cheia de vida, com espaços agradáveis, confortáveis e que convidam a passar um bom bocado do nosso tempo. Com todo o desenvolvimento nas bibliotecas, as escolas também começaram a pensar nesta realidade como algo benéfico para o desenvolvimento da escola e das nossas crianças, pois nem sempre há uma biblioteca próxima da escola. Esta nova verdade trouxe à biblioteca Escolar o lugar de destaque dentro da escola. Para maior dinamização surgiu o lugar de Professor Bibliotecário que faz a ligação com os outros professores da escola. As Bibliotecas Escolares têm a função de captar leitores e formá-los para que continuem a ser frequentadores da biblioteca ao longo das suas vidas. Os programas curriculares têm directrizes para que a Biblioteca Escolar seja utilizada, algo que nem sempre é possível, já que sabemos que apesar da vontade em ter uma Biblioteca Escolar devidamente apetrechada e actualizada ainda não é um facto em todas as escolas. A análise feita a duas histórias tão distintas mostra que nem sempre é necessário actividades muito elaboradas e complicadas que desmotivem professores e alunos a frequentarem a sua Biblioteca Escolar. Com todas as pequenas actividades a biblioteca está em constante crescimento e mantêm-se a motivação para a sua utilização.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2035
Aparece nas colecções:FAL - DL | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Telmatese (1).pdf2,99 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.