Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2285
Título: Razões da motivação e abandono da prática da natação na perspectiva dos nadadores e treinadores
Autor: Crespo, Jorge António Figueiredo
Orientador: Miragaia, Dina Alexandra Marques
Palavras-chave: Natação
Treino desportivo
Data de Defesa: 2010
Resumo: A presente tese tem como primeiro objectivo estudar as razões de motivação e abandono da modalidade de natação de um grupo de nadadores e ex-nadadores das categorias de Juvenis, Juniores e Seniores. O segundo objectivo é analisar se a percepção dos treinadores sobre as razões de motivação para a prática da natação, bem como as razões de abandono, são coincidentes com as razões apontadas pelos nadadores e ex-nadadores. A investigação foi organizada em três estudos. O primeiro diz respeito às razões que motivam os nadadores das categorias de Juvenis, Juniores e Seniores para a prática da natação. Foi aplicado o “Oregon Swimming Questionaire” de Brodkin & Weiss (1990) e feita uma análise factorial, de onde se extraíram quatro factores: Saúde; Status Social/Influência de Outrem; Competição e Cooperação/Diversão. Através da aplicação do teste Kruskal-Wallis, foram encontradas diferenças significativas em algumas razões que motivam as três categorias de nadadores. O segundo estudo trata as razões de abandono de ex-nadadores das categorias de Juvenis, Juniores e Seniores. Foi aplicado um questionário adaptado de Gould et al. (1982), Costa (2008) e Matos & Cruz (1997) e utilizado o teste de Kruskal-Wallis. Foram encontradas diferenças significativas em algumas razões que levaram os ex-nadadores das três categorias a abandonar a natação. Por último, o terceiro estudo tem como finalidade estudar se a percepção dos treinadores sobre as razões de motivação e abandono coincide com as razões indicadas pelos nadadores e ex-nadadores das categorias de Juvenis, Juniores e Seniores. Foi aplicado o “Oregon Swimming Questionaire” de Brodkin & Weiss (1990) para o estudo das motivações e utilizado o teste Mann-Whitney. Para o estudo das razões de abandono foi aplicado um questionário adaptado de Gould et al. (1982), Costa (2008) e Matos & Cruz (1997) e aplicados os testes t e Mann-Whitney. Foram identificadas diferenças significativas entre as respostas dadas pelos treinadores e pelos nadadores e ex-nadadores. Concluímos que a identificação das razões de motivação e do abandono dos nadadores e ex-nadadores devem ser estudadas pelos agentes interventivos dos clubes (treinadores e gestores), de forma a melhorarem a retenção dos desportistas na prática da modalidade e promoverem a melhoria da qualidade dos seus serviços.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2285
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Ciências do Desporto
Aparece nas colecções:FCSH - DCD | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE_FINAL.pdf458 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.