Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2370
Título: Flexibilidade e mutação: proposta de um sistema modular flexível para habitação colectiva na Covilhã
Autor: Santos, Marco Gui Alves dos
Orientador: Suárez, María Candela
Palavras-chave: Sistema modular flexível
Arquitectura
Data de Defesa: 2012
Resumo: Os diversos hábitos e modos de vida da população urbana e a multiplicidade de necessidades referentes ao espaço doméstico, em conjunto com as aceleradas mutações do modelo social e familiar contemporâneo, põem em causa os processos de produção habitacional em série, justificando assim a exploração de formas alternativas. É necessário pensar a arquitectura ligada à habitação como um “organismo” aberto à mudança, consequentemente adaptável a uma maior diversidade sócio-cultural e mais duradoura. A flexibilidade na arquitectura consiste na possibilidade de incorporar mudanças no espaço, relacionadas com necessidades actuais e futuras dos usuários, oferecendo variedade formal, tipológica e na distribuição interior. Incluir flexibilidade nas habitações ao longo do tempo, relacionado tanto com a dualidade dia-noite como com as etapas da vida de uma família, permite aos edifícios acomodar novas funções e responder da maneira mais adequada aos requisitos dos residentes. Esta dissertação aborda o tema da flexibilidade e da mutabilidade na habitação colectiva. Exploram-se estes conceitos e a sua contextualização, bem como os tipos e estratégias de flexibilidade habitacional. São ainda analisados uma série de projectos de arquitectura que devido às suas características são referências para o desenvolvimento do projecto. Propõe-se um sistema modular flexível para habitação colectiva, através das ferramentas e estratégias de projecto de arquitectura, baseado conceptual e formalmente no enquadramento teórico e nos casos de estudo. Este sistema parte de uma unidade modular e compõem-se por elementos permanentes (estrutura e bloco de serviços) e elementos flexíveis (elementos de sombreamento das fachadas, paredes exteriores, paredes interiores e mobiliário), tendo sempre em conta certas condicionantes, tais como localização dos acessos, número de fachadas livres, localização dos serviços e tipologias. Um dos objectivos deste sistema é fornecer adaptabilidade e variedade tipológica e formal às habitações durante a sua vida útil. No final, o sistema é ainda aplicado numa proposta de projecto de habitação colectiva para a Covilhã, mais precisamente no centro histórico da cidade.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2370
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de Mestre em Arquitectura
Aparece nas colecções:FE - DECA | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.