Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2409
Título: Design de interiores e espaços escolares: influências na aprendizagem
Autor: Azevedo, Liliana Pamela S. L.
Orientador: Coelho, Denis Alves
Palavras-chave: Design interiores
Ambiente escolar
Mobiliário escolar
Data de Defesa: 2012
Resumo: Os espaços constroem-se em torno do ser humano, à medida do seu crescimento e evolução, contribuindo para o seu desenvolvimento e proliferação. Assim deve ser construído o espaço de Ensino/Aprendizagem. Foi intento desta dissertação evidenciar a importância dos ambientes de ensino/aprendizagem na atualidade, aferir a influência do espaço físico e compreender o contributo do Design de Interiores na promoção do desenvolvimento da aprendizagem através da melhoria das condições espaciais. Alcançou-se o objetivo proposto através da análise de estudos efetuados nas diferentes áreas de intervenção, reunindo um conjunto de saberes nas áreas de Escola, Aprendizagem e Design de Interiores, evidenciando a avaliação de alguns exemplos que se creem ser representativos das salas de aula existentes. Expôs-se um conjunto de condições ambientais dentro da sala de aula, formuladas de forma a fomentar a aprendizagem. A partir destas considerações apresenta-se ainda a simulação de um modelo de projeto de sala de aula ideal. No primeiro capítulo abordam-se temas relacionados com a Escola que passo a referir: a origem e evolução das escolas em Portugal; a evolução do mobiliário escolar; a importância da escola na aprendizagem; o que é a Parque Escolar; o projeto das escolas Futuristas; a importância das novas tecnologias no ensino. No segundo capítulo explora-se a temática da aprendizagem: o conceito, o desenvolvimento, o campo de estudo, o sistema cognitivo e o cérebro. No terceiro capítulo faz-se referência à importância e ao auxílio do Design de Interiores na criação de ambientes escolares, expondo as áreas de ergonomia e antropometria. No quarto capítulo concentram-se uma série de fatores que incitam à aprendizagem dentro da sala de aula. Resultado da conexão entre os diferentes estudos efetuados nos capítulos anteriores. O quinto capítulo foi reservado para demonstrar as condições físicas em que as crianças atuais estão a aprender. Neste capítulo expõe-se os resultados da análise das condições físicas existentes nas salas de aulas de duas escolas do nosso país. Atualmente as duas em escolas encontram-se em funcionamento, sendo que uma é privada, com décadas de existência, e outra, é uma escola pública, que foi recentemente restruturada pela Parque Escolar. Analisaram-se as condições de iluminação, térmicas, sonoras, visuais e organizacionais, obtidas nas duas instituições, comparando-as com os elementos ideais recolhidos ao longo de todo o estudo. O último capítulo foi reservado para a apresentação de uma simulação de sala de aula e de uma linha de mobiliário escolar. Concluiu-se com este estudo que aprendizagem é influenciada pelos espaços que interagem com o homem. E que o Designer de Interiores, criador imbuído de conhecimento que afeta a construção de espaços, pode contribuir para o aumento do desenvolvimento da mesma, através da edificação de espaços confortáveis, atrativos e inovadores.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2409
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Design Industrial Tecnológico
Aparece nas colecções:FE - DEE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao LILIANA AZEVEDO.pdf5,74 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.