Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2442
Título: Estudo da reacção humana aos odores através da análise dos sinais da electroencefalografia
Autor: Xavier, Isabel Patrícia Pinheiro Peixoto
Orientador: Calado, Maria do Rosário Alves
Palavras-chave: Odores essenciais
Odores comerciais
Lesões olfactivas
Electroencefalograma
Data de Defesa: 2012
Resumo: No dia a dia a população está sujeita a uma série de odores que são transportados no ar, e sem dar conta vai interiorizado esses odores e relacionando-os com as vivências do seu quotidiano. Assim, determinados odores vão estar relacionados com o perigo, outros com os alimentos, outros com determinadas experiências (agradáveis ou desagradáveis). Este trabalho surgiu com o objectivo de se analisar as ondas eléctricas cerebrais, nomeadamente as ondas Alfa, quando um indivíduo é sujeito a um determinado odor. Testaram-se dois grupos de odores: odores essenciais, que ainda não sofreram modificação, e odores comerciais (sabonetes por exemplo), cujo odor não é essencial, uma vez que possui no seu conteúdo uma mistura de odores essenciais com outros produtos químicos. Foi reunida uma amostra constituída por 8 indivíduos, dos quais 3 eram do sexo masculino e 5 do sexo feminino. Os dados (sinais da onda Alfa) foram obtidos através de um sistema electrónico de aquisição adequado a sinais fisiológicos (“PowerLab/4st” da ADInstruments), e os sinais foram analisados recorrendo ao software dedicado. A amplitude, frequência e conteúdo harmónico dos sinais foram obtidos, para cada indivíduo e para cada um dos odores. Com este estudo foi possível concluir que a frequência, e o conteúdo harmónico, das ondas Alfa está directamente ligado com as emoções do indivíduo, ou seja, se um indivíduo gosta de um cheiro então a frequência sofre uma alteração em relação à frequência de base (resultante da estimulação com água fervente). No que diz respeito à amplitude do sinal da onda Alfa, esta varia de indivíduo para indivíduo, uma vez que para alguns as amplitudes são mais elevadas nos odores essenciais, sendo que para outros as amplitudes são mais elevadas para os odores comerciais, não se encontrando qualquer relação com a emoção do indivíduo.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2442
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de Mestre em Engenharia Electrotécnica e de Computadores no Ramo dos Sistemas Biónicos
Aparece nas colecções:FE - DEE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Isabel_Xavier_Dissertação.pdf6,6 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.