Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2447
Título: A expressão da desmaterialização através do design
Autor: Vaz, António Manuel Martins
Orientador: Devezas, Tessaleno
Palavras-chave: Design industrial
Tecnologia e sociedade
Era da informação
Desmaterialização
Data de Defesa: 2012
Resumo: Nesta investigação foi realizada uma análise quantitativa do processo da “desmaterialização”, também denominado por “decoupling”, que está a ser observado na moderna sociedade de Informação/comunicação/conhecimento, pretendendo-se verificar qual a expressão do design no contexto geral deste fenómeno, em que é ainda manifesta uma transição do mundo material para um mundo imaterial. Foi utilizado um método para quantificar a desmaterialização através da análise de dados históricos de produtividade e população, em termos globais e por países. Os indicadores utilizados, baseados na quantidade bruta de uma determinada fonte de energia ou material, foram avaliados quanto à intensidade na sua utilização, de comparados ao crescimento da riqueza e da população. A análise aos resultados entre 1960 e 2010 revelou que se assiste a um grau de desmaterialização dos materiais e da energia em consequência de avanços tecnológicos e do papel fulcral da eficiência. Este intervalo de tempo permitiu a quantificação deste efeito, por décadas, por país, por tipo de energia ou combustível e por grupo de materiais. Foi comprovada a influência da desmaterialização nas TIC (Tecnologias de Informação e Comunicação), manifesta pelas transformações acentuadas no modo como comunicamos em massa, nos meios, na acessibilidade, e na partilha da informação, essencialmente pela substituição de tecnologias e materiais. A globalização da economia, antes baseada em territórios e fronteiras, transita para uma economia de redes, em que a matéria-prima e os fluxos deixam de ser predominantemente materiais. A revelação de novos meios, de novas ferramentas, no mercado global, fortalece a questão na valorização de um novo espaço no contexto da desmaterialização. Foram enumeradas tendências na convergência das funções e realizou-se uma análise sobre as dimensões, o peso e o volume de alguns dispositivos eletrónicos (na área das TIC), que confirmam o efeito de “desmaterialização.” A adaptação ou relação do utilizador com a interface (seja ela material ou virtual) revela um novo contexto, uma abordagem que envolve benefícios recíprocos face às tecnologias emergentes. Os dispositivos evidenciam uma redução acentuada no peso e no volume, conforme se verifica nesta investigação. A metodologia desenvolvida nesta tese permite obter uma melhor compreensão na emergência de novos processos, novos comportamentos e realidades com que o design se defronta.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2447
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de Mestre em Design Industrial e Tecnológico
Aparece nas colecções:FE - DEE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese_final_M1429.pdf5,31 MBAdobe PDFVer/Abrir
Referências Bibliográficas_M1429.pdf279,55 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.