Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2474
Título: Marcadores de activação e perfil de citocinas inflamatórias em doentes com nefropatia diabética em hemodiálise
Autor: Almeida, Ana Catarina Silva
Orientador: Fonseca, Ana Mafalda
Palavras-chave: Nefropatia diabética
Doente diabético hemodializado
Data de Defesa: 2011
Resumo: A nefropatia diabética (ND) é uma complicação comum em doentes diabéticos, sendo que a maioria necessita de ser integrado em terapias de substituição renal, como a hemodiálise (HD). Estes doentes apresentam alterações no seu Sistema Imunológico, havendo poucos estudos que focam os efeitos da HD nos marcadores de activação expressos pelas sub-populações de células T, e na secreção de citocinas inflamatórias. O principal objectivo deste estudo consiste na análise da expressão de marcadores de activação em células T CD4+ e CD8+, bem como a síntese de citocinas inflamatórias, antes e após a HD. O estudo incluiu 17 doentes com ND em hemodiálise do centro Nephrocare – Covilhã, e foi aprovado pela comissão de ética da Fresenius Medical Care. Todos os doentes assinaram um consentimento informado. Foram colhidas amostras de sangue, antes e após a sessão de HD, para a análise da percentagem relativa de células T e suas sub-populações CD4+ e CD8+, e dos marcadores de activação CD25, CD69 e CD71, nas referidas sub-populações, por citometria de fluxo. A síntese de IL-12p70, IL-8, IL-10, IL-1β, TNF-α e IL-6, foi analisada em amostras de soro por Cytometric Bead Array. Após a sessão de hemodiálise, verificou-se um aumento da razão CD4/CD8 devido a alterações significativas nas duas subpopulações. A percentagem relativa de células T CD25+ e células T CD8+CD25+ aumentou significativamente após a sessão de hemodiálise, enquanto que a percentagem relativa de células T CD69 diminuiu. A diminuição dos valores da intensidade média de fluorescência para as células T CD4+CD25+ foi estatisticamente significativa, assim como para o CD71 nas sub-populações de linfócitos T, após a sessão de hemodiálise. Em relação à análise da síntese de citocinas, verificou-se um aumento estatisticamente significativo na concentração de IL-10 e de IL-6 e uma diminuição da concentração de IL-8, após a sessão de hemodiálise, não se tendo verificado alterações significativas nas restantes citocinas inflamatórias avaliadas. Este estudo demonstrou que há um aumento da activação celular em células T, assim como um aumento na síntese de IL-10 e IL-6, e uma diminuição de IL-8, após sessão de hemodiálise em doentes com ND.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2474
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Bioquímica
Aparece nas colecções:FC - DQ | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.