Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2480
Título: Solubilidade de corantes azo
Autor: Leal, Cláudia Sofia Mendes
Orientador: Amaro, Albertina Maria Mendes Marques Bento
Costa, Ana Paula Nunes de Almeida Alves da
Palavras-chave: Espetrofotometria ultravioleta-vísivel
Corantes azo
Data de Defesa: 2011
Resumo: Os corantes são substâncias, de origem natural ou sintética, que conferem cor aos materiais. A quantidade de corantes proveniente dos processos de tingimento que é lançada no ambiente ainda é muito grande, nomeadamente de corantes azo. São poucos os valores de solubilidade publicados, destes corantes, apesar de a solubilidade ser um parâmetro físico-químico importante, quer nos processos de tingimento quer na disponibilidade do corante no meio ambiente. Neste trabalho é efectuada uma revisão bibliográfica sobre as propriedades dos corantes usados na indústria têxtil, bem como dos conceitos que envolvem os métodos de determinação de solubilidade e a sua relação com a temperatura e com a presença de iões em solução. Também são abordados alguns aspectos relacionados com o impacto causado, pela presença destes compostos, no meio ambiente e na saúde humana. O objectivo deste trabalho foi definir curvas de solubilidade de quatro corantes azo: Alaranjado de Metilo, Direct Red 80, Acid Orange 8 e Acid Blue 113 na gama de temperatura 5-60 ºC, com intervalos de 5 ºC, através do método de equilíbrio. O método analítico usado foi a espectrofotometria Ultravioleta-Visível (UV-vis). A solubilidade destes corantes foi determinada em solução aquosa em função da temperatura excepto para o Direct Red 80, onde não se obtiveram valores reprodutíveis. Para verificar o efeito da força iónica na solubilidade, prepararam-se soluções aquosas mistas de Alaranjado de Metilo e NaCl tendo-se definido as respectivas curvas de solubilidade. Na determinação experimental da solubilidade utilizou-se um banho termostatizado com controlo de temperatura e agitação, considerou-se que o equilíbrio era atingido ao fim de 12 h de agitação e 2 dias de repouso. A solubilidade, de um modo geral, aumenta com a temperatura, sendo a equação de ajuste s = A + Bt + Ct2 onde s é a solubilidade em g corante/kg de solvente, A, B e C são parâmetros empíricos de ajuste e t é temperatura em ºC. Nas soluções aquosas mistas de Alaranjado de Metilo + NaCl, a solubilidade diminuiu com o teor de NaCl, tendo-se verificado um ajuste exponencial.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2480
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Química Industrial
Aparece nas colecções:FC - DQ | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação final.pdf2,16 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.