Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2482
Título: Síntese de suportes cromatográficos monolíticos para purificação de biomoléculas terapêuticas
Autor: Esteves, Nuno Manuel Alves
Orientador: Nunes, Maria João Coito Jesus
Palavras-chave: Aminocianinas
Cromatografia de afinidade
Metacrilatos de glicidilo
Dimetacrilato de etileno
Data de Defesa: 2011
Resumo: Os monólitos, também designados como fases estacionárias contínuas, são uma classe relativamente nova de fases estacionárias, constituída por uma estrutura contínua, única, composta por uma rede intercruzada de canais, o que os torna altamente porosos. Podem ser usados em diferentes tipos de cromatografia, como a cromatografia de afinidade. Sendo esta uma técnica das mais selectivas, em que se consegue a separação de biomoléculas com um elevado grau de pureza, aliada à porosidade dinâmica destes monólitos, permite que as moléculas passem unicamente por convecção, com uma elevada transferência de massa entre a fase estacionária e a fase móvel. Deste modo, a combinação destas ferramentas fazem deste conjunto uma mais-valia na bioseparação. Com este trabalho pretendeu-se optimizar as condições de síntese do monólito resultante da polimerização entre o metacrilato de glicidilo e o dimetacrilato de etileno, de modo a comparar o seu desempenho relativamente a monólitos comercias para purificação de biomoléculas, usando aminocianinas como ligandos. Esta optimização das condições reaccionais serviria igualmente de base para uma nova abordagem em que a aminocianina se ligaria inicialmente a um dos co-monómeros (metacrilato de glicidilo), sendo apenas posteriormente, efectuada a polimerização com o dimetacrilato de etileno. Apesar de a utilização de monólitos já estar bastante difundida para a purificação de biomoléculas, o uso de cianinas como ligados está numa fase inicial. Assim, a síntese de aminocianianas que iriam ser posteriormente usadas como ligandos foi, igualmente, um dos objectivos deste trabalho. Os corantes sintetizados foram, caracterizados por ponto de fusão, espectrometria de ressonância magnética nuclear de protão e carbono e espectrofotometria de infravermelho e ultravioleta/visível. De modo a encontrar monólitos que reúnam as condições acima indicadas, realizouse um estudo onde se fez variar a composição dos solventes porogénicos, tempo e tipo de iniciador. São discutidos os resultados obtidos, quer na preparação das monometinocianinas funcionalizadas, quer na síntese dos seus precursores. São igualmente discutidos os resultados obtidos na síntese dos monólitos.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2482
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Química Industrial
Aparece nas colecções:FC - DQ | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese_Final.pdf2,2 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.