Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2513
Título: Sintomatologia psicopatológica e necessidades de intervenção no ensino superior: despiste com estudantes da Universidade da Beira Interior
Autor: Pessoa, Paulo Fernando Espinho
Orientador: Oliveira, Ema Patrícia de Lima
Palavras-chave: Sintomatologia psicopatológica
Psicopatologia
Intervenção psicológica
Ensino superior
Índice de Sintomas Positivos
Psychopathological symptom
Higher Education
Needs psychological intervention
Psychopathology
Data de Defesa: 2010
Resumo: O presente estudo tem como principais objectivos analisar a sintomatologia psicopatológica em estudantes da Universidade da Beira Interior e contribuir para um melhor conhecimento acerca das necessidades de intervenção psicológica neste contexto. Para o efeito, foi utilizado o Inventário de Sintomas Psicopatológicos (Brief Symptom Inventory-BSI) com uma amostra de 378 sujeitos (163 homens e 215 mulheres) que frequentavam o 1º ciclo e mestrado integrado das diversas faculdades. A grande maioria dos estudantes frequentavam o 2º ou 3º anos do curso e a idade dos participantes variou entre os 18 e os 48 anos (M=21.4; DP=3,45). Realizou-se uma análise descritiva no sentido de verificar as diferenças entre os alunos sinalizados com sintomatologia psicopatológica (ISP 1.7) e o restante grupo de alunos (e.g. género, ano escolar, rendimento académico, curso/faculdade, mobilidade, prática desportiva, apoio psicológico, doença familiar, ingestão de medicação não prescrita e importância atribuída às necessidades de intervenção). Em termos gerais, os resultados apontam para valores de sintomatologia psicopatológica que se aproximam da população normativa, embora se tenha verificado um número significativo de estudantes (117 alunos) com presença destes sintomas. Os resultados sugerem ainda um maior risco no sexo feminino, nos estudantes do 1º ano e nos estudantes que se percepcionam com um pior rendimento académico face à turma. Embora não tenham sido encontradas diferenças significativas quanto à Faculdade, alguns cursos revelaram melhores resultados no BSI (e.g. Curso de Ciências do Desporto) o que sugere menores índices de psicopatologia nestes alunos. Finalizamos este trabalho reflectindo sobre as suas principais implicações para a prática psicologica no contexto do Ensino Superior, apresentando ainda algumas limitações e sugestões para futuras investigações nesta temática.
This study's main objectives are to analyze the psychopathological symptoms in students of the University of Beira Interior and contribute to a better understanding about the need for psychological intervention in this context. To this end, we used the Brief Symptom Inventory (BSI) with a sample of 378 subjects (163 men and 215 women) who attended the 1st cycle and integrated Masters of the various faculties. The vast majority of students attending the 2nd or 3rd year of the course and the participants age ranged between 18 and 48 years (M = 21.4, SD = 3.45). We performed a descriptive analysis in order to verify the differences between students psychopathological symptoms marked with (ISP ≥ 1.7) and the remaining group of students (gender, grade, academic performance, course / faculty mobility, sports, psychological support , Family illness, ingestion of non-prescribed medication and the importance attached to policy needs). Overall, the results indicate values of psychopathological symptoms closely resembling the normative population, although there were a significant number of students (117 students) with these symptoms. The results also suggest an increased risk for females in the 1st year students and students who perceive themselves with poor academic performance compared to the class. Although no significant differences in the college, some courses have shown better results in the BSI (eg Course of Sports Science) suggesting lower rates of psychopathology in those students. We close this paper reflecting on their main implications for psychological practice in the context of Higher Education, showing also some limitations and suggestions for future research on this topic.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2513
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Psicologia Clínica e da Saúde
Aparece nas colecções:FCSH - DPE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de Mestrado .pdf5,13 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.