Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2544
Título: Influência das provas de aferição de 4º ano de escolaridade nas práticas de ensino e de avaliação na área da matemática
Autor: Neto, Maria Goreti Afonso
Orientador: Simões, Maria de Fátima de Jesus
Palavras-chave: Ensino básico
Provas de aferição
Data de Defesa: 2009
Resumo: O objectivo principal deste estudo é estimar a influência da aplicação das provas de aferição de Matemática a todos os alunos de 4º ano, no que se refere às práticas de ensino e de avaliação. Neste sentido, estabeleceram-se as seguintes questões de investigação: 1. Quais os efeitos da aplicação das provas de aferição do 4º ano de escolaridade (avaliação externa) nas práticas de ensino dos professores, na área da Matemática?; 2. Quais os efeitos da aplicação das provas de aferição do 4º ano de escolaridade (avaliação externa) nas práticas de avaliação dos professores (avaliação interna), na área da Matemática?; 3.Quais os instrumentos utilizados nas suas práticas avaliativas?; e 4. Quais as percepções dos professores em relação às provas de aferição? O estudo segue uma metodologia de natureza qualitativa, que se aproxima do “estudo de caso”. Tendo em vista as questões de investigação realizaram-se entrevistas semiestruturadas a dez professores de 1º Ciclo de um Agrupamento de Escolas do distrito da Guarda. A partir da análise de conteúdo do discurso dos professores, procurou-se estudar os efeitos que a aplicação das provas de aferição, como meio de “avaliação externa”, teve nas práticas pedagógicas e avaliativas dos professores. Na fundamentação teórica recorre-se à literatura científica que se considerou pertinente relacionada com o problema de investigação e ao suporte legislativo do sistema educativo português relativos, essencialmente, à avaliação. Inicia-se com a conceptualização da avaliação e uma breve resenha histórica da mesma, as modalidades de avaliação interna e externa, nas quais se integram as provas de aferição e às quais damos especial atenção, e uma abordagem mais específica à avaliação na área da Matemática. Por outro lado, o ensino da Matemática é tratado de uma forma breve, bem como as orientações existentes para o seu ensino. Os resultados obtidos nesta investigação mostram que a aplicação das provas de aferição de Matemática a todos os alunos do 4º ano de escolaridade provocaram mudanças no plano das práticas de ensino desta área. De um modo geral, a aplicação das provas adquiriu um efeito normativo que determina a maneira de ensinar dos sujeitos Contudo, as suas práticas avaliativas não sofreram alterações significativas. O instrumento de avaliação comum a todos os sujeitos é o teste escrito, no entanto não é o único.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2544
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Supervisão pedagógica
Aparece nas colecções:FCSH - DCD | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Influência das provas de aferição de 4ºano.pdf913,73 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.