Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2545
Título: Relatório de estagio realizado no Hospital Sousa Martins e na CERCIG
Autor: Terras, Sara Filipa Remoaldo
Orientador: Esgalhado, Maria da Graça Proença
Palavras-chave: Avaliação psicológica
Intervenção psicológica
Relação pais e filhos
Crianças hiperactivas
Data de Defesa: 2009
Resumo: O ensino da Psicologia no espaço Europeu sofreu, nos últimos anos, consideráveis mudanças. Com o intuito de facilitar uma mobilidade transnacional dos profissionais e garantir a prestação de serviços de elevada qualidade no ensino e prática da Psicologia, foi instituído o Diploma do Psicólogo Europeu ou Europsy. Este pretende uma uniformização do treino e ensino em Psicologia, e consequentemente facilitar a comparação dos currículos e assim promover a mobilidade e intercâmbio de estudantes, docentes e investigadores da área, uma vez que está assegurado o reconhecimento europeu da qualificação dos profissionais. Actualmente, de acordo com o Diploma do Psicólogo Europeu, a aprendizagem e o ensino da Psicologia na comunidade europeia tem como objectivo o treino profissional de competências, com a formação superior mínima de 5 anos, repartidos por diferentes ciclos de formação. Com base no referido diploma, o profissional de Psicologia deverá demonstrar ter adquirido distintas competências. Estas podem ser agrupadas de acordo com o que se espera ser o papel do profissional, nomeadamente a) especificação de objectivos, b) avaliação prévia, c) desenvolvimento, d) intervenção, e) avaliação posterior e f) comunicação. Para além destas competências, designadas de competências primárias, foi definido um outro tipo de competências, estas relacionadas com o exercício ou prática profissional do psicólogo. São elas 1) estratégia profissional, 2) desenvolvimento profissional contínuo, 3) relações profissionais, 4) pesquisa e desenvolvimento, 5) marketing e “venda”, 6) gestão de clientes, 7) gestão da prática, 8) garantia da qualidade e 9) auto-reflexão. Tendo por base o Europsy, também o Mestrado em Psicologia da Universidade da Beira Interior assenta em três pilares essenciais, nomeadamente a avaliação, a intervenção e a investigação científica em psicológica. O presente relatório pretende evidenciar o desenvolvimento destas competências, próprias à prática do profissional de psicologia. Para tal recorre-se às actividades desenvolvidas no estágio curricular. O presente documento encontra-se organizado tendo em conta estas diferentes fases na prática psicológica, estando assim sistematizado em quatro capítulos distintos. O capítulo I está reservado à descrição dos locais de estágio, bem como às actividades desenvolvidas no âmbito do mesmo. O capítulo II é dedicado a actividades de avaliação psicológica, fazendo referência aos casos avaliados ao longo do estágio e dando-se particular ênfase a uma das avaliações psicológicas realizadas. Quanto ao terceiro capítulo, debruça-se sobre a intervenção psicológica, descrevendo-se dois dos casos acompanhados no decorrer do estágio. Por último, o capítulo IV descreve a investigação sobre os estilos parentais em crianças hiperactivas do Distrito da Guarda. O presente trabalho pretende assim reflectir o conjunto de aprendizagens profissionais e pessoais experienciadas ao longo do estágio curricular desenvolvido.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2545
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Psicologia
Aparece nas colecções:FCSH - DCD | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Capa - Sara Terras.pdf240,12 kBAdobe PDFVer/Abrir
Versão Final - Sara Terras.pdf6,19 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.