Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2551
Título: Relatório de estágio realizado na instituição Psicofoz
Autor: Serrario, Marília Fernandes
Orientador: Oliveira, Ema Patrícia de Lima
Palavras-chave: Avaliação psicológica
Prevenção primária
Data de Defesa: 2009
Resumo: No âmbito do currículo do ciclo de estudos conducente à obtenção do grau de Mestre em Psicologia, pela Universidade da Beira Interior, no ano lectivo 2008/09, o presente relatório circunscreve a experiência de estágio em Psicologia aquando da Licenciatura pela Universidade Internacional da Figueira da Foz, que decorreu no ano lectivo de 2003/04 no Centro de Intervenção Psicopedagógica Psicofoz. Para além disso, ilustra as aquisições essenciais ao nível da formação académica, nomeadamente na aplicação de conhecimentos e no treino de competências nos domínios da investigação, avaliação e intervenção psicológicas. Para cumprimento dos objectivos mencionados, no primeiro capítulo apresentamos uma breve caracterização da instituição onde decorreu o estágio e do seu modo de funcionamento, de forma a melhor enquadrar o trabalho desenvolvido pelos serviços de Psicologia neste contexto particular, contextualizando a função do psicólogo na instituição em causa e suas principais atribuições, atendendo a alguns parâmetros previstos no enquadramento do registo do Psicólogo Europeu, Europsy. No segundo capítulo, salientamos as diversas actividades concretizadas ao longo do estágio no que se reporta à avaliação e intervenção psicológicas, as quais procurámos fundamentar sempre, e, ainda outras experiências profissionais relevantes na área da avaliação e intervenção psicológicas. No terceiro capítulo, apresentamos o projecto de investigação desenvolvido no espaço institucional onde decorreram as sessões de intervenção ao nível da prevenção primária, sendo o objectivo principal verificar qual a relação entre a ansiedade, o locus de controlo e o rendimento escolar. Em relação a este estudo, postulamos duas hipóteses: H1-a ansiedade está associada a baixo rendimento escolar e H2- a externalidade do locus de controlo está associada a rendimento escolar mais baixo. Na nossa amostra a relação entre o “rendimento actual” e as variáveis de locus de controlo internalidade, externalidade, valência positiva interna e valência positiva externa é oposta à esperada pela nossa hipótese e quanto ao não termos encontrado qualquer relação entre a ansiedade e o rendimento actual, pode dever-se ao acto da ansiedade nos alunos da amostra não ser elevada. O último capítulo reflecte uma síntese crítica do estágio na sua generalidade. Algumas das críticas que apontamos remetem, sobretudo, para a limitação de avaliação e intervenção em alguns casos (hiperactividade, dislexia), a impossibilidade de autonomia no que se refere à implementação de novas estratégias de intervenção, o impedimento de concretização de sessões de ludoterapia (objectivo não alcançado).
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2551
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Psicologia
Aparece nas colecções:FCSH - DPE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.