Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2560
Título: Diferenciação pedagógica no 1º C. E. B
Autor: Pinharanda, Maria Alice Martinho Silva
Orientador: Simões, Maria de Fátima de Jesus
Palavras-chave: Diferenciação pedagógica
Práticas pedagógicas
Data de Defesa: 2009
Resumo: Este estudo teve como principal objectivo perceber como é que a problemática da diferenciação pedagógica é entendida e realizada no contexto de sala de aula, em turmas do 1.º ciclo. Neste sentido, estabeleceram-se as seguintes questões de investigação: 1 - Como planificam os professores as actividades lectivas tendo em conta os diferentes alunos? 2 - Como é que os professores organizam os alunos na sala de aula e que tipos de materiais preparam para eles? 3 - Qual é o entendimento que os professores têm sobre a diferenciação pedagógica? 4 - Que estratégias de diferenciação pedagógica implementam na sala de aula? 5 - Que factores e dificuldades condicionam a implementação da diferenciação pedagógica? 6 - Que factores condicionam as aprendizagens dos alunos e como gerem os professores as suas dificuldades? 7 - Que tipo de avaliação privilegiam os professores numa sala de aula perante a diversidade de alunos? Através de uma metodologia qualitativa, foram realizadas entrevistas semi-estruturadas aos professores de uma escola do 1.º Ciclo do Ensino Básico da Beira Interior e observações de aula nas quatro turmas dessa escola. A partir da análise de conteúdo do discurso dos professores e da observação directa de aulas, procurou-se compreender como é que a implementação da diferenciação pedagógica é realizada nas quatro turmas da escola. O estudo teve como principais referentes teórico conceptuais a literatura científica e o quadro legislativo em vigor no sistema educativo português. Os resultados obtidos mostram que os professores do 1.º ciclo, alvo deste estudo, integram já alguns componentes e aspectos de um ensino diferenciado na sua prática docente, reflectindo como exercem o seu ensino, sobre a forma como os alunos aprendem melhor e aplicando na prática pedagógica algumas estratégias de diferenciação pedagógica. Assim, a aplicabilidade da diferenciação pedagógica não depende do ano de escolaridade, nem da área leccionada. Esta diferenciação é realizada sobretudo ao nível das metodologias utilizadas no processo de ensino/aprendizagem e não tanto ao nível da adaptação de conteúdos ou programas. A adaptação curricular só é implementada em alunos da Educação Especial através do Plano Educativo Individual, ou através do Currículo Específico Individual. As estratégias de diferenciação implementadas na sala de aula são diversas (sendo algumas delas comuns a várias turmas) e aplicadas a todos os alunos e não apenas naqueles que têm dificuldades de aprendizagem. A avaliação constitui um momento importante neste processo na medida em que fornece o feedback rigoroso para continuar a diferenciar.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2560
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Supervisão Pedagógica
Aparece nas colecções:FCSH - DPE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DIFERENCIAÇÃO PEDAGÓGICA NO 1.º CEB.pdf1,3 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.