Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2563
Título: Representações sociais sobre a educação pré-escolar pública: "a mãe não trabalha e pôs o miúdo no infantário!"
Autor: Nina, Maria Luzia Isaac Pires Pereira
Orientador: Afonso, Rosa Marina
Palavras-chave: Representações sociais
Educação pré-escolar
Data de Defesa: 2009
Resumo: A educação pré-escolar desempenha um papel central para o desenvolvimento das crianças, em todos os domínios. A frequência do pré-escolar afirmou-se publicamente como um direito de todos, no pressuposto de um desenvolvimento harmónico e enriquecido, potenciador de competências da criança e do princípio de igualdade de oportunidades, tanto no acesso como no sucesso educativo, ao longo de toda a vida. A criação da Rede Pública e a publicação da Lei-Quadro da Educação Pré-escolar, constituíram marcos importantes na valorização deste sector de educação e ensino, em Portugal. Não obstante, actualmente, o excesso de institucionalização das crianças, na componente de apoio à família, da educação pré-escolar pública, poderá indiciar uma desvalorização da função pedagógica deste sector do sistema educativo, com uma consequente escassez de interacções entre pais e filhos e repercussões negativas no desenvolvimento pessoal e social das crianças. Neste estudo, procuramos apreender, o conteúdo e sentido das representações sociais sobre a educação pré-escolar pública, através dos seus elementos constitutivos: informações, crenças, imagens e valores, bem como das práticas que, essas representações sociais, podem induzir e justificar, nas interacções com a instituição pré-escolar e os seus protagonistas. Trata-se de um estudo exploratório, em que o instrumento adoptado foi um questionário de associação livre, aplicado a 211 sujeitos adultos, sem qualquer condição de participação. Os dados obtidos corroboram, maioritariamente, as orientações da tutela e de investigadores, sobre a educação pré-escolar pública, apesar de algumas categorias evocadas pelos respondentes, indiciarem alguma falta de esclarecimento acerca das diferenças entre as funções educativas e as funções sociais, deste nível de educação e ensino.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2563
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Supervisão Pedagógica
Aparece nas colecções:FCSH - DPE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_Final.pdf590,72 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.