Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2596
Título: Aquisição e desenvolvimento de competências transversais e técnicas no ensino superior: perspetivas dos estudantes e dos supervisores de estágio
Autor: Pinto, Rosa Marlene Pereira
Orientador: Oliveira, Ema Patrícia de Lima
Palavras-chave: Competências transversais
Empregabilidade
Data de Defesa: 2013
Resumo: Com a inclusão do processo de Bolonha nas instituições do ensino superior, foram feitas algumas alterações nos currículos educativos. De um ensino centrado na exposição de conteúdos passamos para um ensino direcionado para o desenvolvimento de competências, onde o aluno assume um papel proactivo, em que aprender é mais do que adquirir conhecimentos. Para além das competências técnicas é necessário acrescer ao currículo competências transversais, para que qualquer profissional, principalmente em inicio de carreira, de respostas adequadas ao mercado de trabalho atual, que se apresenta cada vez mais competitivo. As competências são entendidas por um conjunto de atributos pessoais específicos a cada indivíduo. As competências técnicas são específicas para o desempenho de uma determinada função/profissão, por sua vez as competências transversais são comuns a diversas atividades e transferíveis de função para função. Estas são fundamentais para garantir a empregabilidade a curto e longo prazo, daí a importância da sua promoção e desenvolvimento nas instituições de ensino superior. Esta investigação teve como principal objetivo analisar a importância atribuída às competências transversais e técnicas na formação em cursos Ensino e de Psicologia, bem como a perceção sobre a aquisição e desenvolvimento das mesmas no mestrado. A amostra foi constituída por 130 participantes, dos quais 103 estudantes da Universidade da Beira Interior (77 alunos de cursos de mestrado em Ensino e 26 estagiários de Psicologia) e 27 supervisores de estágio exteriores à UBI (15 professores cooperantes e 12 psicólogos). A partir da análise das competências previstas para cada curso, bem como em orientações nacionais e europeias acerca do perfil de competências para o exercício da docência e da Psicologia, foi construído um questionário, com versões distintas para cada área de formação e para cada tipo de participante (estudante ou supervisor de estágio). Através da análise descritiva dos resultados, verificou-se que os participantes atribuem grande importância às competências transversais, sendo as competências com maior e menor importância, aquisição e desenvolvimento muito similares para os vários participantes. Conseguimos apurar que quanto maior for a promoção das competências no mestrado maior é o domínio pessoal das competências pelos estudantes, assim torna-se evidente a importância das universidades promoverem este tipo de competências nos aluno.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2596
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de Mestre em Psicologia da Educação e Escolar
Aparece nas colecções:FCSH - DPE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de Mestrado (Rosa Pinto) 2012-2013.pdf1,82 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.