Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2616
Título: O perfil do coordenador de departamento curricular para uma liderança persuasiva
Autor: Ramos, Liliana Maria Pires
Orientador: Loureiro, Manuel Joaquim da Silva
Palavras-chave: Liderança intermédia
Coordenador de departamento curricular
Data de Defesa: 2013
Resumo: A investigação que agora apresentamos é o resultado de um estudo empírico, que tem como principal objetivo partilhar uma reflexão sobre o perfil que o coordenador de departamento curricular deve possuir para uma liderança persuasiva. Esta investigação enquadrou-se no paradigma qualitativo, tendo sido utilizado um estudo de caso como estratégia metodológica, baseado, principalmente, na análise de entrevistas efetuadas a coordenadores de departamento curricular, a docentes dos respetivos departamentos e à subdiretora de um agrupamento de escolas. Este estudo pretendeu analisar e estudar os principais atributos que o coordenador de departamento curricular deve possuir para que os docentes colaborem na direção dos objetivos planeados, num agrupamento de escolas. O enquadramento teórico desenvolve-se em torno de duas questões fundamentais: o perfil do coordenador de departamento curricular e a liderança intermédia. Numa primeira parte, fizemos uma síntese histórica do cargo do coordenador de departamento curricular, desde o início do século XX ao início do XXI, mais precisamente entre 1917 e 2012, acompanhado de uma súmula do perfil que este possui, ao longo destes anos, no desempenho de um cargo de gestão intermédio. Na segunda, tentámos definir, em termos gerais, os tipos e estilos de liderança, recorrendo à literatura sobre o tema. A apresentação e a análise dos dados, designadamente, as orientações emanadas do ministério da educação e ciência, as funções, as limitações e os constrangimentos inerentes ao cargo do coordenador de departamento curricular, possibilitaram-nos definir o seu perfil, figura principal desta investigação. Concluímos, deste modo, que os coordenadores de departamento, apesar dos requisitos apresentados pela tutela, demonstram competências para o cargo que desempenham e detêm uma liderança indutiva, num agrupamento de escolas de sucesso. No entanto, também sentem a existência de dificuldades na recente função atribuída ao coordenador de departamento curricular, nomeadamente, a avaliação de desempenho dos docentes.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2616
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de Mestre em Supervisão Pedagógica
Aparece nas colecções:FCSH - DPE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Liliana Ramos.pdf692,86 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.