Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2645
Título: Fé e atitude dos portugueses face à homossexualidade
Autor: Carvalho, Cátia Daniela Rodrigues
Orientador: Pereira, Henrique
Palavras-chave: Homossexualidade
Preconceitos
Data de Defesa: 2012
Resumo: Religião e homossexualidade desde sempre geraram bastante discussão, mantendo até aos nossos dias posições contraditórias. A rejeição da diferença relativamente à orientação sexual dos indivíduos traduz-se no preconceito sexual. Numa sociedade marcadamente heterossexista como a portuguesa, revelou-se pertinente a análise da relação da fé religiosa nas atitudes dos portugueses face à homossexualidade. Outras variáveis foram consideradas e analisadas, tais como, o género, estado civil, idade, habilitações literárias e sua relação com a aceitação ou discriminação dos homossexuais. Através da disponibilização dos instrumentos numa página na internet, o questionário de Santa Clara de Força da Fé Religiosa (QSCFFR) e o questionário de Avaliação das Atitudes dos portugueses face à Homossexualidade (QAAH), foram registadas as respostas de 800 sujeitos. Os resultados obtidos revelam que os portugueses com uma força da fé mais elevada apresentam um maior preconceito homossexual. Relativamente ao género, os homens são mais preconceituosos que as mulheres. Quanto ao estado civil, os portugueses casados são mais preconceituosos. No que respeita à idade, ainda que os resultados apresentem algumas reservas, são as gerações mais novas as que demonstram uma maior tolerância. Para as habilitações literárias verifica-se que os portugueses com mais instrução apresentam uma maior aceitação da homossexualidade. Outros dados analisados indicam que os portugueses se opõem à adoção por parte de casais homossexuais. Podemos concluir que apesar de se verificar uma tendência para a aceitação da homossexualidade entre os portugueses, o preconceito subsiste o que fundamenta o envolvimento de profissionais da Psicologia no desenvolvimento de estratégias que visem o combate a este tipo de discriminação e segregação social.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2645
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de Mestre em Psicologia Clínica e da Saúde
Aparece nas colecções:FCSH - DPE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissert. Cátia Carvalho.pdf947,59 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.