Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2673
Título: Sinalização de alunos sobredotados: proposta de um instrumento para a nomeação pelos professores
Autor: Reis, Teresa Mafalda Silva Fernandes Cunha
Orientador: Oliveira, Ema Patrícia de Lima
Palavras-chave: Sobredotação
Data de Defesa: 2013
Resumo: O apoio aos alunos sobredotados é um cuidado fundamental a considerar em qualquer sistema educativo. Para garantir uma intervenção psicoeducativa eficaz importa proceder a uma sinalização e avaliação adequadas. A literatura aponta para a escassa (in)formação dos professores sobre o tema, apesar de se reconhecer o seu importante contributo neste processo, assim como a falta de instrumentos, que permitam auxiliar os profissionais na identificação destes alunos. O desenvolvimento deste trabalho decorreu de uma necessidade de dar resposta a um projeto a implementar numa escola, tendo em vista o atendimento a alunos com altas habilidades e talento. Num primeiro momento, considerou-se a aplicação da BISAS/T-HC/A, tendo sido analisadas as características psicométricas, no entanto avançou-se num segundo momento para a construção de um novo questionário, que permitisse mais facilmente contornar as dificuldades encontradas. Os principais objetivos deste trabalho consistem na apresentação do Questionário de Sinalização de Alunos com Características de Sobredotação (QSACS), assim como na análise comparativa entre os resultados obtidos com a aplicação deste instrumento e outras medidas utilizadas na identificação destes alunos, junto de 75 participantes, dos quais 46.7% são do sexo masculino e 53.3% do sexo feminino, com uma média de idades de 14.3 anos (DP=1.6). Verificaram-se correlações positivas significativas entre as três subescalas do QSACS e duas provas da BPR e a subescala Cognição da BISAS/T-AA, porém averiguou-se uma fraca convergência existente entre os instrumentos utilizados, na medida, em que poucos foram os alunos sinalizados em todas as provas, atendendo aos critérios de seleção, para as três áreas avaliadas. Conclui-se que a informação fornecida pelos professores através do QSACS pode ser útil no processo de sinalização de alunos sobredotados, complementarmente a outras formas de avaliação. Também a formação destes agentes educativos é fundamental para a devida eficácia do seu papel, tanto na identificação como no atendimento educativo dos alunos sobredotados e com talento.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2673
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de Mestre em Psicologia da Educação e Escolar
Aparece nas colecções:FCSH - DPE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Mestrado TeresaReis.pdf796,5 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexos finais.pdf654,15 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.