Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2677
Título: Inteligência espiritual: propriedades psicométricas da versão portuguesa da Escala de Inteligência Espiritual Integrada - ISIS
Autor: Jorge, Diana Filipa Oliveira
Orientador: Esgalhado, Graça
Palavras-chave: Escala de Inteligência Espiritual Integrada
Espiritualidade
Data de Defesa: 2012
Resumo: O estudo visado nesta dissertação tem carácter quantitativo e é de índole descritiva-observacional, inferencial e exploratório. Suporta como objetivo principal apurar as propriedades psicométricas da escala ISIS (de Amram & Dryer, 2008) para a população portuguesa e como objetivos secundários realizar análises diferenciais no sentido de comparar as pontuações médias obtidas na escala em função de variadas variáveis independentes, tais como género, idade, identificação/prática de um certo tipo de religião, frequência de uma organização holística, condição de saúde, experiência de momentos de vida marcantes e satisfação com a vida. A escassez de estudos nacionais acerca desta temática e a responsabilidade teoricamente atribuída à Inteligência Espiritual no que diz respeito às denominadas «doenças de sentido», tais como a depressão, o cancro, doenças autoimunes, entre outras, foram o motivo principal para a realização do estudo. O estudo contou com a participação de 714 sujeitos, de ambos os géneros, com idades compreendidas entre os 14 e os 81 anos. Foi realizado o estudo de validade de constructo através do processo de análise fatorial, da sensibilidade através dos índices de Skewness e Kurtosis e da fiabilidade através do valor de alfa de Cronbach. Os resultados obtidos não são consistentes com a versão original da escala, no entanto, a escala obtida apresenta bons índices de consistência interna (entre 0.67 e 0.92) e uma analise fatorial que revelou a existência de 5 subescalas que representam cerca de 54.85% da variância: «Coping religioso e espiritual», «Consciência», «Graça», «Significado» e «Missão». A avaliação da sensibilidade do instrumento revelou que o mesmo possui boa capacidade para discriminar os indivíduos face às dimensões que avalia. O estudo sugere boas qualidades psicométricas da escala ainda que exista vantagem na realização de estudos qualitativos acerca da Inteligência Espiritual e na adaptação linguística de alguns itens da escala. Pretende-se que no futuro sejam realizados estudos replicativos e sejam apurados outros tipos de validade do instrumento.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2677
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de Mestre em Psicologia Clínica e da Saúde
Aparece nas colecções:FCSH - DPE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Diana Jorge.pdf1 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.