Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2777
Título: Androgen receptor alternative spliced transcripts: tissue expression and evolutionary analysis
Autor: Tomás, Joana Filipa Melfe
Orientador: Socorro, Sílvia Cristina da Cruz Marques
Cavaco, José Eduardo Brites
Palavras-chave: Receptor de androgénio
DNA
Data de Defesa: 2008
Resumo: The vast majority of human genes express multiple mRNAs by alternative splicing of their pre-mRNAs. This mechanism allows the expression of many different mRNAs from the same gene, and greatly increases the complexity of “cell-specific” protein function. It can alter the function of proteins by removing or adding specific domains (nuclear localization signals, transcription activation domains, DNA or RNA binding domains, trans-membrane domains), post-translation modification sites, or by causing substantial changes in protein structure. The existence of several variant RNA transcripts has been described for many steroid receptors. However, the information on alternative spliced mRNAs of androgen receptor (AR) gene is scarce. A previous work in our research group (Laurentino et al. 2006, results not published) allowed the identification for the first time of AR alternative transcripts in human testis. Two transcripts result from exon 2 (ARΔ2) and exon 3 (ARΔ3) skipping. Transcripts lacking exon 2 but retaining part of intron 2 of the AR gene (AR55), and lacking part of exon 4 (AR94) were also detected. The aims of the present study are: 1) characterize the distribution of AR transcripts in different human tissues (heart, kidney, liver, and lung); 2) perform an evolutionary analysis by characterizing the expression of AR transcripts in testis of chicken (Gallus gallus), dog (Cannis lupus), rat (Rattus norvegicus) and sea bream (Sparus aurata). For this purpose the following experimental approach was established: 1) exon spanning primers suitable for the detection of alternative spliced ARs were designed; 2) Total RNA was extracted and used for cDNA synthesis; 3) RTPCR was carried out and the amplified products were cloned and sequenced; 4) the obtained sequences were analysed using bioinformatics tools. In human heart, kidney, liver and lung was observed the presence of ARΔ2 and ARΔ3 transcripts previously identified in testis. In seabream, rat and dog testis were detected several AR transcripts some of which are homologous to those identified in human testis.
A grande maioria dos genes humanos expressa múltiplos mRNAs devido aos seus pré-mRNA sofrerem splice alternativo. Este mecanismo permite a expressão de diferentes mRNAs para um mesmo gene, aumentando significativamente a complexidade da função proteica. Ele pode alterar a função das proteínas por remover ou adicionar domínios específicos (sinal de localização nuclear, domínios de activação da transcrição, domínios de ligação do DNA ou RNA, domínios transmenbranares), por modificar os sítios de pós-translação, ou por causar mudanças significativas na estrutura da proteína. A existência de diversas variantes de transcritos de RNA tem vindo a ser descrita para vários receptores nucleares. No entanto, a informação sobre transcritos alternativos do receptor de androgénio (AR) é escassa. Um trabalho anterior do nosso grupo de investigação (Laurentino et al. 2006, resultados não publicados) permitiu pela primeira vez a identificação de transcritos alternativos do AR em testículos humanos. Transcritos com delecção do exão 2 (ARΔ2) e do exão 3 (ARΔ3). Transcritos sem o exão 2 mas com parte do intrão 2 do gene do AR (AR55) e sem parte do exão 4 (AR94) foram também detectados. Os objectivos deste trabalho são: 1) caracterizar a distribuição de transcritos do AR em diferentes tecidos humanos (coração, fígado, rim e pulmão); 2) realizar uma análise evolutiva através da caracterização da expressão dos transcritos do AR em testículos de galinha (Gallus gallus), cão (Cannis lupus), rato (Rattus norvegicus) e dourada (Sparus aurata). Com este objectivo foi estabelecida a seguinte abordagem experimental: 1) foram desenhados primers flanqueando exões indicados para a detecção de transcritos alternativos do AR; 2) foi extraído RNA total e foi utilizado para síntese de cDNA; 3) foi realizado RT-PCR e os produtos amplificados foram clonados e sequenciados; 4) as sequência obtidas foram analisadas com programas bioinformáticos. Nos tecidos humanos, coração, fígado, rim e pulmão foi observada a presenças dos transcritos ARΔ2 e ARΔ3 previamente identificados nos testículos. Nos testículos de dourada, cão e rato foram detectados vários transcritos do AR, alguns dos quais homólogos aos identificados em testículos humanos.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2777
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Bioquímica
Aparece nas colecções:FC - DQ | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Androgen receptor alternative spliced transcript tissue expression ans evolutionary analysis.pdf1,15 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.