Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2790
Título: A escola dos alunos institucionalizados: comportamentos e atitudes
Autor: Lemos, Mariana Sá
Orientador: Barriga, Antónia do Carmo
Palavras-chave: Socialização - Sucesso escolar
Escola - Problematização sociológica
Data de Defesa: 2012
Resumo: As crianças e os jovens englobam actualmente um dos grupos sociais que facilmente poderá integrar um quadro de exclusão social. Quando o grupo familiar, que constitui parte fundamental da socialização, não detém condições para assegurar um desenvolvimento biopsicossocial equilibrado, a criança é privada de um crescimento e desenvolvimento estável que irá dificultar a integração na comunidade a que pertence. Neste sentido, a única solução é a institucionalização. Desta forma, a Instituição e a Escola passam a ser os principais agentes de socialização destas crianças e consequentemente os principais transmissores de valores, normas, regras e competências. O ponto de partida do presente estudo resume-se à seguinte interrogação: De que modo se pautam os comportamentos e as atitudes de jovens institucionalizados face ao meio escolar? Através da realização de entrevistas a 10 jovens do sexo masculino, institucionalizados na valência Abrigo de São José, integrada na Obra de Socorro Familiar, tentar-se-á apreender de forma se os seguintes conceitos – exclusão, institucionalização, integração escolar e sucesso escolar – se interligam entre si. Conclui-se finalmente que ao contrário do que seria expectável os jovens não se sentem de forma alguma excluídos e marginalizados. A adaptação e integração ao meio escolar é, por sua vez, bem conseguida contudo o sucesso escolar continua a ser a maior problemática na vida destes indivíduos. A desmotivação e a falta de iniciativa relativamente à escola revela ser uma tendência significativa. O capital social destes jovens é relativamente fraco, e o facto de serem provenientes de meios onde imperam fracas habilitações escolares condiciona as suas ambições em relação não às expectativas escolares, pois a maioria ambiciona continuar a estudar mas sim à vontade e à necessidade de integrar totalmente a escola em todas as suas abrangências.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2790
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Sociologia, Exclusões e Políticas Sociais
Aparece nas colecções:FCSH - DS | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao.pdf1,25 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.