Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2814
Título: Jornalismo na imprensa médica em Portugal : funções dos jornais de informação médica
Autor: Aroso, Inês Mendes Moreira
Orientador: Rei, José Nunes Esteves
Correia, João Carlos
Palavras-chave: Imprensa médica - Análise de conteúdo
Imprensa médica - Produtores de informação
Imprensa médica - Sustentabilidade financeira
Jornalismo especializado - Ciência médica
Jornalismo - Área da medicina - Indústria farmacêutica
Data de Defesa: Abr-2012
Resumo: A medicina possui uma importância social muito relevante, pelo que o jornalismo atribui-lhe um grande potencial noticioso. Por consequência, é visível nos media a quantidade, nem sempre acompanhada por qualidade, de informação relacionada com medicina. No entanto, o foco desta investigação não são os meios de comunicação social direcionados para o público geral, mas sim um tipo de publicações jornalísticas especializadas em medicina cujos destinatários são apenas os médicos. Mais concretamente, analisam-se os jornais de informação médica publicados em Portugal. Os jornais de informação médica são publicados em formato impresso, com uma periodicidade semanal ou quinzenal. Os conteúdos são sempre ligados à medicina, mas de índole política, económica, socioprofissional, científica, cultural, histórica, entre outras. Ao contrário das publicações médicas de carácter científico, os textos são elaborados maioritariamente por jornalistas, embora os médicos possam ocupar cargos consultivos, diretivos ou escrever alguns artigos. Outra caraterística destes meios é não serem vendidos livremente, em banca, sendo distribuídos aos médicos apenas por correio postal. É de salientar que a assinatura deste tipo de publicações é gratuita ou possui um montante irrisório, pelo que os lucros destes jornais são obtidos quase exclusivamente através das vendas de publicidade à indústria farmacêutica. Os principais objetivos desta investigação são: a caraterização do jornalismo exercido nos jornais de informação médica, a análise das funções que estes desempenham e aferir quais as consequências da dependência económica em relação à indústria farmacêutica. Para atingir tais desideratos, são estudadas as três peças fundamentais neste processo: os produtores destas publicações, o produto (os jornais de informação médica) e a base financeira dos mesmos (a indústria farmacêutica). Assim, os jornais de informação médica são alvo de análise de conteúdo, ao passo que se entrevistam os respetivos diretores e chefes de redação, bem como profissionais responsáveis pela comunicação de empresas do setor farmacêutico.
The medicine has a very significant social importance, by that journalism gives it great potential news value. It is therefore visible in the media amounts of information related to medicine, not always accompanied by quality. However, the focus of this research are not the media directed to the general public, but a kind of journalistic publications specialized in medicine, addressed only the doctors. More specifically, we analyze the medical information newspapers published in Portugal. The medical information newspapers are published in print format, weekly or biweekly. The contents are always related to medicine, but the subject can be political, economic, socio-professional, scientific, cultural, historical, among others. Unlike the scientific medical journals, texts are produced mostly by journalists, although doctors may be consultants, directors or write some articles. Another feature of these media is that they aren’t sold in stores, being distributed to physicians only by mail. Note that the signature of such publications is free or has a negligible amount, so the profits of these newspapers are obtained almost exclusively through sales of advertising to the pharmaceutical industry. The main objectives of this research are: the characterization of journalism exercised in newspapers of medical information, analysis of the roles they play and assess the consequences of economic dependence on the pharmaceutical industry. To achieve these goals, we studied the three key components in this process: the producers of these publications, the product (the papers of medical information) and the financial base of these (pharmaceutical industry). Thus, the papers of medical information are subject to content analysis, whereas conducting interviews with the respective directors and heads of writing as well as professionals responsible for communication of pharmaceutical companies.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2814
Designação: Doutoramento em Ciências da Comunicação
Aparece nas colecções:FAL - DCA | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Volume1_Tese_InêsAroso.pdfDocumento principal8,31 MBAdobe PDFVer/Abrir
VolumeII_Apêndices e Anexos_Inês Aroso.pdfApêndices e anexos1,49 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.