Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2819
Título: Cuidados paliativos: percepções e práticas dos profissionais de saúde do serviço de medicina paliativa do Fundão
Autor: Taveira, Vera Luísa Barros
Orientador: Augusto, Amélia Maria Cavaca
Palavras-chave: Cuidados paliativos
Doente terminal
Data de Defesa: 2011
Resumo: O aumento da esperança média de vida, resultante dos avanços da medicina e da melhoria das condições de vida das populações, trouxe consigo o aumento de doenças crónicas, sendo algumas delas profundamente incapacitantes numa fase terminal. Gradualmente foi sendo exigido, a todos os níveis, respostas para esta nova realidade – às políticas sociais, aos hospitais e aos profissionais de saúde. Surgiram, assim, os cuidados paliativos, que estão orientados por objectivos muito particulares. A medicina paliativa privilegia uma abordagem holística, de cuidados totais, centrada não só no doente terminal como também na sua própria família. Esses cuidados devem ser prestados por uma vasta equipa de profissionais com formação específica em cuidados paliativos, possibilitando desta forma a estes doentes o cuidado e a qualidade de vida que merecem. O foco da presente investigação incide, sobretudo, nestes profissionais de saúde e na formação que adquiriram a nível académico e readquiriram em cuidados paliativos. O presente trabalho sobre os profissionais de saúde da equipa de cuidados paliativos (mais concretamente, os médicos e enfermeiros) do Serviço de Medicina Paliativa do Hospital do Fundão. Nesta investigação foram realizadas 9 entrevistas: uma à médica/directora do serviço, uma ao fundador do serviço, e sete aos enfermeiros do serviço. Este serviço foi seleccionado a nível nacional, não só pelo fácil acesso geográfico, mas também por ser o serviço pioneiro de cuidados paliativos em Portugal, que remonta ao ano de 1992. Embora a temática da presente investigação se centre nos cuidados paliativos, a análise situa-se, mais precisamente, no modo como a socialização/formação académica destes profissionais de saúde os dotou (ou não) de competências e em que medida se encontra direccionada para a área dos cuidados paliativos, incorporando os valores e os princípios subjacentes a este tipo de cuidados.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2819
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Sociologia: Exclusões e Políticas Sociais
Aparece nas colecções:FCSH - DS | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
tese de mestrado.pdf7,26 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.