Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2837
Título: Crianças institucionalizadas: que expetativas? que futuro?
Autor: Prata, Cristina Maria Simões
Orientador: Augusto, Nuno
Palavras-chave: Crianças - Exclusão social
Crianças - Política social
Data de Defesa: 2013
Resumo: Para Giddens, o sujeito é elemento ativo no desenvolvimento dos processos sociais, sendo então de primordial importância saber quais os limites que lhe são colocados à sua ação. São as estruturas sociais que dão sentido à própria atividade humana, no entanto os sujeitos têm as suas próprias capacidades de atuação sobre as mesmas (Giddens cit in Mucha, s/d). Existe um papel ativo que cada indivíduo tem no seu processo de socialização, desde o dia em que nasce até ao momento da sua morte, utilizando uma dinâmica de transmissão e apropriação, que acontece continuamente ao longo da sua vida, estando porém sempre sujeito a clivagens. (idem) O agente socializador primitivo é a família, sendo então importante entender qual o seu papel no seio das suas crianças institucionalizadas. A família trabalha numa lógica não só de reprodução, mas também numa lógica de promoção e interiorização na criança de um conjunto de valores, na construção de uma série de expetativas, pensamentos, comportamentos, todo um conjunto de fatores que implicarão a sua integração na sociedade, no seu mundo social ou pelo menos assim deveria ser. Existem neste momento um elevado número de crianças, onde a família como alicerce falhou de algum modo, daí estarem acolhidas em instituições e famílias, com Projetos de Vida que deverão ser definidos, entendendo que a institucionalização não pode ser vista como uma solução, mas deverá ser vista sim como uma medida de proteção.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2837
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de Mestre em Exclusões e Políticas Sociais
Aparece nas colecções:FCSH - DS | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE_formatada.pdf1,64 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.